Diocese de Uberlândia Em Destaque

"A Igreja que não é missionária não é a Igreja de Cristo", afirmou bispo diocesano na missa de posse de Pe. José de Anchieta

A Paróquia Nossa Senhora da Abadia recebeu ontem (09) o seu novo pastor: Padre José de Anchieta Guerra. A celebração, que teve início às 19h30, foi presidida pelo bispo da Diocese de Uberlândia, Dom Paulo Francisco Machado, no dia em que a liturgia celebrava também São José de Anchieta, missionário Jesuíta, co-fundador da cidade de São Paulo, juntamente com Padre Manoel da Nóbrega.

10462513_768689046485256_8255008279230262079_n

Ao som de “me chamaste para caminhar nesta vida contigo”, a comunidade paroquial acolheu o bispo diocesano, e os padres: Rui Vieira, Márcio Gonçalves, Joéds de Castro, Robson de Oliveira e Sebastião Hernane, além dos diáconos permanentes, Osmar, Luiz Mauro e Eurípedes, e o diácono transitório da diocese, Marco Aurélio, ministros extraordinário da comunhão eucarística e leitores da Palavra de Deus.

Várias faixas com mensagens de acolhida ao Pe. José de Anchieta foram colocadas na igreja: “Padre Anchieta que Santa Ria seja exemplo de perseverança em sua nova caminhada”; “a equipe de liturgia dá as boas-vindas ao Pe. José de Anchieta; SEJA BEM VINDO!”; “fomos agraciados com a sua presença e queremos dizer que sempre estaremos rezando para que Deus o abençoe nesta sua nova missão”, diziam algumas delas.

“Vamos iniciar esta Santa Missa que tem grande importância para a comunidade e para o Padre”, disse Dom Paulo Francisco na abertura dos ritos iniciais.

Em seguida, leu-se a ata de provisão que dá ao presbítero as prerrogativas de pároco e administrador paroquial, conforme os Cânones 528-529; 537, do Código de Direito Canônico. Foram apresentados os deveres do sacerdote no exercício de sua função à frente da paróquia.

Apresentado pelo bispo diocesano, “pra quem não conhece, está aqui o Pe. José de Anchieta, novo pároco desta paróquia”, o qual foi aplaudido calorosamente de pé pelos fiéis presentes à celebração. “Nós nunca saberemos aqui na terra as benfeitorias que um padre faz”, ressaltou Dom Paulo Francisco.

Proclamado o Evangelho das “Bem aventuranças…” (Cf. Mt 5, 1-13), Dom Paulo Francisco prosseguiu com a homilia:

10402696_768689159818578_803115186373886055_n

Hoje é a primeira vez que nós estamos celebramos na Diocese, diante de toda uma comunidade, a missa por São José de Anchieta […] e é hoje que nós ‘entregamos’ o Pe. José de Anchieta à comunidade. […] Hoje é um dia festivo para o Pe. José de Anchieta, porque ele recebe este presente que Deus lhe concebeu: esta Paróquia. São José de Anchieta foi um Santo que marcou profundamente o Brasil, porque defendeu os pagãos, os índios […] veio cedo para o Brasil e se tornou Jesuíta e um grande Santo, atuando principalmente no litoral. Com esse jeito de apóstolo “dos pagãos” soube conservar coisas muito boas […] aprendeu a língua dos índios e escreveu várias peças. Ele memorizou tudo aquilo que escreveu e ainda hoje podemos ler aquela obra que falou da Virgem Maria. […] Ele foi um homem que buscou a paz (bem aventurados…) ele era alegre. Um missionário triste não é um missionário, não é um apóstolo. No Evangelho, os apóstolos nunca se deixaram vencer pelo desânimo, pela tristeza. Primeiramente a paróquia é chamada a viver de forma missionária […] Ou a Igreja é missionária ou não é a Igreja de Cristo. “Ide pelo mundo e anunciai”. Esta mensagem tem aparecido com frequência nos discursos do atual Papa, que também é Jesuíta. Vamos dar testemunho da nossa fé. Outra mensagem que São José de Anchieta deixa para nós, [sobretudo] nesta Paróquia de Nossa Senhora da Abadia é esta: São José de Anchieta amava a Virgem Maria. Peçamos que São José de Anchieta interceda por nós, para que sejamos missionários e que amemos a Virgem Maria, que aqui recebe o nome de Nossa Senhora da Abadia.

Em sua profissão de fé, Pe. José de Anchieta reafirmou sua obediência à Palavra de Deus e ao bispo diocesano. Em seguida, proferiu os votos de suas obrigações no ofício de pároco: “guardarei firmemente o propósito da fé […] e acatar com obediência as leis da igreja, sobretudo, aquelas contidas no Código de Direito Canônico […] assim, Deus me ajude e este Santo Evangelho no qual ponho as mãos”, professou.

Após a profissão de fé, Dom Paulo Francisco entregou-lhe a pia batismal da paróquia, o Tabernáculo (Sacrário), ressaltando que o termo tabernáculo tem a função de sinalizar a “habitação”, isto é, onde o Senhor habita.

10363411_768689599818534_2167707040282563507_n

Durante a procissão da apresentação das oferendas, Padre Anchieta acompanhou atento os membros da comunidade que adentraram na igreja portando cartazes com mensagens de acolhimento e carinho.

Antes dos ritos finais, o ministro extraordinário da comunhão eucarística, Sr. Damião, dirigiu algumas palavras ao seu novo pároco:

“Em nome da comunidade paroquial e de todas as pastorais que compõem esta paróquia, quero desejar: seja bem-vindo, sob a intercessão de Nossa Senhora da Abadia e que o senhor possa receber as graças do Espírito Santo”.

O novo pároco, por sua vez, afirmou:

“Meus irmãos e irmãs, é preciso a gente reconhecer os sinais de Deus em nossa vida. Antes de ser ordenado, fui pedir a intercessão de Nossa Senhora e agora, no meu jubileu de prata, estou aqui nesta igreja de Nossa Senhora da Abadia […] Vamos trabalhar para que esta Paróquia seja um Santuário de Nossa Senhora da Abadia, um Santuário vivo. Vocês me ajudam? Somos uma referência aqui em nossa cidade. Quero agradecer ao Dom Paulo por me conceder ser o pastor desta comunidade. Aos sacerdotes (ao Padre Márcio Gonçalves, meu sucessor na comunidade Medalha Milagrosa, peço que o tratem com todo carinho) aos diáconos e aos que vieram da Paróquia Medalha Milagrosa e aos daqui também… E agora chega, vocês vão me ouvir falar demais, durante seis anos”, finalizou.

Antes da benção final, foi lida a ata da celebração eucarística de posse do novo pároco, redigida por Joelma Aparecida Arruda, ministra extraordinária da comunhão eucarística e agente da pastoral litúrgica.

10448257_768688536485307_2153312524643196_n

Nós, do CCD – Centro de Comunicação Diocesano -, desejamos ao Revmo. Sr. Pe. José de Anchieta, bem como a todos os paroquianos da Paróquia Nossa Senhora da Abadia, um fecundo ministério pastoral.

_____________________

Para conferir mais fotos da missa de posse de Pe. José de Anchieta, acesse a nossa fanpage: www.facebook.com/elodafe

Agradecimentos: Leandro Oliveira.
Fotos: Douglas Patresse

2 comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Já tive a honra de trabalhar com o Pe. Anchieta e tenho certeza de que ele terá uma excelente atuação à frente de sua nova paróquia, mercê de suas qualidades e amor à Igreja.
    Parabéns Pe. Anchieta!
    Diácono Samuel

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!