A Igreja no Brasil e no Mundo

Arquidiocese de Belo Horizonte terá escola de arte bizantina

Mosaicos no Santuário São João Paulo II/CracóviaA arquidiocese de Belo Horizonte (MG) receberá, em breve, uma escola de arte bizantina. A catedral Cristo Rei, que está em construção, abrigará a primeira unidade fora da Itália do Instituto Oriental Centro Aletti, vinculado à Pontifícia Universidade Gregoriana, da Ordem Jesuíta.

A escola formará profissionais que trabalham com mosaicos bizantinos, uma técnica do século IV, em que os chamados mosaicistas usam pequenas pedras, de várias tonalidades e formas para retratar rostos de santos, cenas bíblicas e da história da Igreja.

Em Belo Horizonte, a arte será ensinada de maneira especial às comunidades carentes da região, como parte dos projetos sociais envolvidos no contexto da nova catedral.

A coordenação da escola será de responsabilidade do padre Gleicon Adriano Silva, enviado há nove meses a Roma, pelo arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira Azevedo, para aprender as técnicas de mosaicos, vitrais e esculturas.

O curso na Itália é ministrado pelo jesuíta esloveno Marco Ivan Rupnik, que tem parceria nos projetos de mosaicos da catedral e que é responsável pelos mosaicos da Capela Papal, no Vaticano, e autor do projeto de decoração do Santuário de São João Paulo II, na Cracóvia, com 1,6 mil metros quadrados de mosaicos já concluídos e outros mil metros quadrados que ainda serão feitos (imagem).

Com informações da Assessoria de Comunicação e Marketing da arquidiocese de Belo Horizonte (MG)

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!