Destaque Destaque2 Diocese em Ação Em Destaque Palavra do Bispo

Artigo: Do Saara ao altar, por Dom Paulo Francisco Machado

Do Saara ao altar

Dom Paulo Francisco Machado

Na história mais recente da espiritualidade cristã fulge a figura de Charles de Foucauld, um santo eremita assassinado em 1916 e, portanto, um homem bem próximo de nós, porque, em sua grande maioria, os canonizados são bem anteriores ao século XX, pois veio a falecer nos meados da Primeira Guerra Mundial.

Sempre que conhecemos a vida de santidade de uma pessoa, somos convidados a cotejar o ser e o agir dela com a vida de Cristo, sempre impulsionados pela graça. A vida de um santo é como que página atualizada do Evangelho e, um grande incentivo para imitar a Jesus.

Busquemos, pois, as raízes cristãs da espiritualidade desse eremita. Charles procurou contemplar, e nem podia ser de outro modo, o Mistério da Encarnação, que o conduzia a perceber a face gloriosa do Senhor no rosto macerado de dor de todos os crucificados. Em   cada face vincada de dor dos empobrecidos brilha o rosto do Senhor. (“Eu tive fome e me… (Mt 25). Tinha especial afeto para com pobres (tuaregues) e escravos.

A vida cristã, vocacionada à santidade, não é possível sem a Eucaristia, que Charles tanto amava, pois essa nos oferece o corpo e sangue do Senhor, memorial do Mistério Pascal, e, como Cristo se torna realmente presente na Eucaristia, cresceu nesse homem santo uma busca contínua de intimidade com Jesus sacramentado, presente na espécie de pão. No tabernáculo, ele encontrava seu Senhor e Mestre, com quem mantinha longos e frutuosos diálogos, recostando-se, como Discípulo amado, no peito de Jesus (Jo 13,25).

Somos seres a viver na dimensão temporal, envolvidos no tempo que carece de ser tempo de Graça, um Kairós. Por isso, Foucauld dedicava-se fielmente ao serviço do louvor de Deus na recitação da Liturgia das horas, a marcar os momentos chaves de seu cotidiano.

No seu amor a Cristo, procurava contemplar o Rosto Divino nas páginas do Livro Sagrado, para conhecer e seguir os passos de quem é Caminho, Verdade e Vida. Na meditação da Palavra procurava seguir as escolhas do seu Senhor. Na contemplação da vida de Jesus, buscava sempre o penúltimo lugar, uma vez que a Cristo pertence o Último lugar, que nunca lhe será tirado, conforme deduzimos da cena do Lava-pés ou no texto de São Paulo de Filipenses (2,6-8).

Não se entende a vida de um fiel discípulo de Cristo e membro da Igreja que não tenha um profundo amor, respeito e obediência à Igreja enquanto instituição hierárquica, desejada pelo próprio Jesus, na certeza da fé de serem verdadeiras as palavras do Senhor: “Quem vos ouve a mim ouve, quem vos despreza, a mim despreza” (Lc 10,16).

Suas devoções eram aquelas continuamente recomendadas pela Igreja: o Sagrado Coração de Jesus e especial afeto para com a Virgem Maria. Afinal foi o próprio Crucificado quem pediu que o discípulo amado recebesse sua mãe em sua casa. Em seu amor filial para com Maria Santíssima recitava diariamente o Rosário, o Angelus (três vezes) e celebrava com especial devoção as festas e memórias marianas no decorrer do Ano Litúrgico.

No deserto levava vida rústica, frugal, mas os inúmeros hóspedes que o procuravam eram sempre bem recebidos, como num verdejante oásis, onde buscavam suas orientações espirituais e suas valiosas preces. Assim Charles cresceu como frondosa palmeira no deserto, fincando raízes profundas na vida de oração e de caridade, até conhecer a morte, assassinado, aos 01 de dezembro de 1916, com 58 anos.

No dia 26 de maio de 2021, foi reconhecido, após minucioso estudo médico e teológico, o milagre para a canonização, cujo beneficiário foi um jovem carpinteiro de 21anos que, em queda de 16 metros de altura, teve seu corpo atravessado por uma lasca de madeira. Resta somente a inscrição na lista dos santos a ser realizada no dia 15 de maio de 2022.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!