Diocese de Uberlândia Em Destaque

Com uma assembleia virtual de mais de 1200 acessos, ELODAFE transmitiu todas as missas do Santuário Diocesano

O Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, situado no Bairro Aparecida em Uberlândia, encerrou a grandiosa festa em louvor à sua padroeira na noite de ontem (12).

Com participação expressiva de fiéis devotos da mãe de Deus,  as oito missas que ocorreram de duas em duas horas, desde as 06h da manhã até às 08h da noite, foram transmitidas pelo Portal Oficial da Diocese de Uberlândia. Segundo estimativas da organização, ao longo de todo o dia mais 20.000 pessoas participaram das celebrações, superando o número do ano passado que foi de aproximadamente 12.000 pessoas.

12166832_983486571693049_2093054781_n

Como se tratava da Solenidade da padroeira do Brasil, todas as Paróquias da Diocese de Uberlândia celebraram Nossa Senhora Aparecida. Durante as celebrações, as manifestações de carinho e de fé na mãe do Filho de Deus eram visíveis a todos os que estavam no Santuário Diocesano.

O Santuário Diocesano celebrou neste ano seu 11º ano de elevação canônica. Para a festa da sua padroeira foram colocados dois telões na parte externa do Santuário, com tendas na praça para melhor acomodação dos fiéis. Os que não puderam estar presentes, acompanharam de casa pelo Portal ELODAFE, que segundo a técnica que assessorou o portal, foram mais de 1200 acessos durante todo o dia.

O encerramento da festa ocorreu às 20h com missa presidida pelo reitor do Santuário, Pe. Itamar Almeida. A celebração foi animada pelo vigário do Santuário, Pe. Claudemar Silva. A homilia ficou por conta de Pe. Eduardo César, vigário do Santuário.

Segundo o Pe. Eduardo César, “no evangelho, o termo ‘sinal’ vai muito mais longe e quer traduzir a realidade mais profunda de Jesus. Quer nos explicar simbolicamente quem Jesus é para nós”.

Mais adiante, o vigário afirmou que “a salvação de Jesus Cristo deve ser vivida como uma festa de casamento, em que Jesus mesmo é o vinho novo, o melhor de todos os vinhos, mas também o esposo. Assim, Jesus demonstra que Deus quer casar-se com seu povo, fazer uma aliança definitiva”.

Na conclusão de sua homilia, Pe. Eduardo afirmou que “quando olhamos para a nossa fé percebemos que sempre corremos o risco de transformar o vinho que é Jesus em vinagre, isto é, diminuirmos a força de sua missão e de sua ação no mundo.”

“Rezamos nesse dia da Senhora Aparecida a esperança de que a nossa vida, parecida com um casamento sem vinho, encontro no exemplo discipular de Maria, na sua atitude de apontar Jesus, a boa notícia de que Deus nos ama como um esposo fiel”, concluiu.

matéria

Após a celebração, houve procissão com andor da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no entorno da Praça Nossa Senhora Aparecida. Durante a procissão houve queima de fogos de artifício e pétalas de rosas foram jogadas sobre a imagem no seu retorno ao Santuário. Na conclusão da noite a Banda do 17º batalhão da Polícia Militar executou músicas em homenagem à padroeira do Brasil.

12166071_983486601693046_650954294_n

Confira fotos da festa acessando a FanPafe do ELODAFE acessando o facebook.com/elodafe

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!