Destaque
Destaque Sem categoria

Dogma da Imaculada Conceição de Maria

O dogma da Imaculada Conceição da Bem-Aventurada Virgem Maria, é uma verdade de Fé, proclamada pelo Papa Pio IX, em 8 de dezembro de 1854, com a bula “Ineffabilis Deus”. Sendo proclamada pelo Papa, Sucessor do Apostolo São Pedro, é uma doutrina de origem apostólica.

Assim diz o Papa na bula Pontifícia: “Para a honra da santa e indivisível Trindade, para adorno e ornamento da Virgem Deípara, para exaltação da fé católica e incremento da religião cristã, com a autoridade do Nosso Senhor Jesus Cristo, dos bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo e Nossa, declaramos, proclamamos e definimos: a doutrina que sustenta que a beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio do Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha da culpa original, é revelada por Deus e por isso deve ser crida firme e constantemente por todos os fiéis.” 

Assista no vídeo abaixo o Beato Frei João Duns Scotus, OFM. defendendo a Imaculada Conceição de Maria, anos antes da proclamação Dogmática.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!