A Igreja no Brasil e no Mundo

Franciscanos levam Conceição do Mato Dentro (MG) à ONU

Genebra (RV) – Quarta-feira (27/09) a ONG Franciscans International apresentou na sede das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, um painel de denúncia sobre os efeitos do extrativismo no território e na população de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais.

A Organização Franciscans International é a ‘voz franciscana nas Nações Unidas que protege os vulneráveis, os esquecidos, os marginalizados e a nossa terra, tão profundamente ferida’.

Respeitar a dignidade de cada pessoa numa comunidade global em que os recursos sejam divididos com equidade, na qual o meio ambiente seja defendido e as nações e povos vivam em paz: são os objetivos da ONG.

Neste sentido, o espaço aberto na Convenção de Direitos Humanos da ONU alertou para os impactos a que esta população, de modo particular, está exposta.

Foram denunciados o não-envolvimento das comunidades que poderão ser afetadas, a falta de atenção aos estudiosos no assunto e a omissão dos órgãos de licenciamento em relação a estas situações.

A prática mineradora desconstrói o território e em nome do progresso constrói um território sem vínculos com as comunidades locais. O licenciamento é feito de maneira fatiada para esconder a realidade dos impactos negativos.

Frei Rodrigo Péret acompanha a questão da degradação de áreas de preservação permanente e a violação dos direitos humanos, decorrente  da exploração mineral no Brasil. Engajado com a realidade social e ambiental, é também assessor da CNBB para assuntos referentes à mineração.

Com Frei Rodrigo, expuseram a situação Moema Miranda, de Igrejas e Mineração, Patrícia Generoso, membro da Rede de Articulação e Justiça Ambiental dos Atingidos do Projeto Minas Rio, e Igor Bastos, do Movimento Católico Global pelo Cima, a quem agradecemos pela parceria. 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!