Diocese de Uberlândia Em Destaque

Irmã Míria Kolling conclui curso de Liturgia com data certa para retornar

Ocorreu nesee último final de semana, de 05 a 07 de Setembro, no Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, em Uberlândia, o 2º Curso de Liturgia e Canto Pastoral sob a coordenação de Ir. Míria kolling, religiosa nacionalmente consagrada no âmbito do canto e da temática litúrgicos.

10556235_812956625391831_1724756370192914674_n

Segundo os organizadores, o evento contou com a participação de mais de 200 pessoas, entre padres, religiosas, diáconos, seminaristas, leigos e leigas diocesanos. Destes, a maioria da cidade de Uberlândia, além de fiéis das cidades de Araguari e Araxá. A organização do Encontro contou com a participação de mais de 20 pessoas, entre coordenadores, equipe de cozinha e acolhida.

Na sexta-feira (05), Dom Paulo Francisco, bispo diocesano, abriu oficialmente o Encontro. Na oportunidade ressaltou: “Missa não é show”. E pediu que os fiéis presentes tivessem o cuidado de levar tudo o que foi absorvido para as suas respectivas comunidades.

Em sua primeira conferência, Ir. Míria Kolling apresentou o objetivo do curso que teria inspiração nos escritos de Santo Agostinho e da Exortação Apostólica do Papa Francisco, Evangelii Gaudium, além de entoar diversos cantos durante todo o Encontro.

10649573_812956865391807_5747489310842043347_n

Na manhã de sábado (06), Pe. Olimar Rodrigues, pároco da Paróquia São Judas Tadeu, e responsável eclesiástico pelo Encontro, falou sobre a importância da Eucaristia Pascal. “Se uma mulher mantém um relacionamento com um pagão e na época da Páscoa lhe pedir para que a deixe comungar e o mesmo não a permitir, então não se case com ele. Não há nada mais importante do que a Eucaristia Pascal”, ressaltou o presbítero.

Marcou profundamente os participantes a alegria, disponibilidade e receptividade de Ir. Míria. Durante todo o encontro, ela respondeu a diversas perguntas e esclareceu dúvidas, além de apontar inúmeras falhas que acontecem não só da parte dos leigos, mas também dos presbíteros. “Existem por aí, nas dioceses, muitos padres que precisam se reciclar!”, salientou. Além disso, não deixou de frisar que todos devem basear os seus estudos litúrgicos na Instrução Geral do Missal Romano e Introdução ao Lecionário – Texto Oficial da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Na oportunidade, Ir. Míria deu atenção especial aos jovens presentes. A um deles agradeceu especialmente. Trata-se do jovem Anderson Alvarenga, membro da Igreja Evangélica Luterana do Brasil. O ELODAFE conversou com ele. Confira:

[box type=”info”]

Anderson, de onde veio o convite para participar deste encontro, e qual a sua motivação?

O convite veio do Luiz Henrique, um dos coordenadores deste encontro, que é meu amigo, logo após um ensaio com o coro da Catedral Santa Terezinha. Quando ele falou sobre esta oportunidade que teríamos [presença da Ir. Míria], eu achei muito bacana, porque na nossa religião não é sempre que se tem uma pessoa como a Ir. Míria para falar sobre liturgia, um tema muito importante e atual para as nossas Congregações, daí a minha motivação.

E, após o convite, quais foram as suas expectativas para este curso?

Eu conheci muitas composições diferentes que podem ser agregadas também à liturgia luterana. É o que eu quero e pretendo fazer daqui por frente. E, por mais que nossas igrejas sejam distintas, com certeza, quero ir apresentando as novas músicas que eu aprendi aqui para meus irmãos e irmãs da minha comunidade.

[/box]

________________________________________________

10600491_812961295391364_160737829758055589_n

 

Luiz Henrique, que esteve na equipe de coordenação do Encontro pelo segundo ano consecutivo também conversou com o ElodaFé.

[box type=”note”]

Luiz, para a equipe de coordenação, haja vista o número de participantes, os objetivos foram alcançados?

Sem dúvida. Nós [estamos] nos sentindo muito realizados pela divulgação que tivemos, pela adesão das Paróquias, através do número dos participantes, e até das pessoas de outras denominações religiosas, sem falar da diversidade dos leigos presentes.

É possível notar que você, mesmo sendo jovem, já tem uma grande bagagem quando falamos em liturgia. Na sua opinião, qual a principal dificuldade que o participante de um curso como esse encontra em propagar aquilo que foi absorvido aqui em suas respectivas comunidades?

O importante é a própria liturgia em si. Nós não devemos ter mais a preocupação em o quê cantar na liturgia, mas sim, a de Cantarmos a Liturgia. A maioria das paróquias, às vezes, sabe o quê cantar, mas não sabe ainda escolher o repertório adequado para cada tempo e momento litúrgico. Então, nós apresentamos uma sugestão, pois nós não queremos engessar as comunidades, mas apenas levar o correto, liturgicamente, tendo a consciência de que este é um trabalho de formiguinha e que deve ser espalhado por toda a diocese. Essa é a proposta do curso.

[/box]

______________________________________________

No domingo, 07, Irmã Míria Kolling destacou a forma como os agentes devem se portar durante as partes fixas da Santa Missa. Frisou, por exemplo, como deve ser vivenciada a preparação das oferendas e as preces da comunidade, segundo a proposta do Missal Romano. O curso, além dos ensinamentos litúrgicos e pastorais, foi repleto de cânticos amplamente entoados pela religiosa, acompanhada pelos fiéis participantes do Encontro.

O encerramento do Encontro se deu com a celebração da Santa Missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Paulo Francisco, e contou com a presença dos padres: Olimar Rodrigues e Aldemir Pires.

10610677_812963328724494_8271344764981275231_n

 

 

 

Nós do CCD (Centro de Comunicação Diocesano) fazemos votos de que as Comunidades Paroquiais possam se beneficiar do aprendizado de seus agentes da Pastoral Litúrgica e de Canto que estiveram em formação durante todo este final de semana.

_____________

[box] O próximo Encontro será nos dias 11, 12 e 13 de Setembro de 2015. Agende-se. [/box]

Outras fotos, acesse nossa fanpage: www.facebook.com/elodafe

Agradecimentos

Repórteres: Melissa Ribeiro e Leandro Oliveira
Fotógrafo: Douglas Patresse

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!