Diocese de Uberlândia Em Destaque

IX Assembleia Diocesana sob o olhar laical

Ter a oportunidade de vivenciar e participar ativamente da IX Assembleia de Pastoral -Avaliativa e Propositiva (2015 -2019), da Diocese de Uberlândia, faz-nos refletir sobre os avanços e desafios que temos pela frente.

12122872_10203469651221504_5969785255980202091_n

Ao longo dos últimos quatro anos, nós pudemos acompanhar de perto a abertura da Escola da Fé em várias Paróquias, a Escola de Formação Catequética preparando e orientando os catequistas, a Pastoral Familiar formando seus agentes, o Elo da Fé fazendo ecoar as informações diocesanas utilizando as diversas mídias disponíveis, Leigos e Leigas concluindo Bacharelado em Teologia e se especializando nas várias áreas eclesiásticas, muito tem sido realizado, mas precisamos caminhar mais com coragem ousadia e criatividade.

A Coordenação Diocesana de Pastoral, liderada por Pe. Itamar de Almeida Machado não mediu esforços em busca de fazer com que houvesse um verdadeiro comprometimento e consciência de que só de mãos dadas encontraremos os rumos. As sementinhas foram espalhadas e os frutos só serão colhidos com o envolvimento e o sentimento de pertença de todos; a vivência em comunidade nos possibilita compreender o quanto ela é necessária e nos ajuda a perceber e a discernir se nossa experiência de fé é realmente autêntica. Isso é ser igreja!

Dos pontos fortes da Assembleia, fruto da maturidade e responsabilidade solidária, ressaltamos algumas definições: a criação de mecanismos para que leigos e clero possam efetivar, acompanhar e concretizar os Conselhos Pastoral e Econômico; a possibilidade de se conhecer e aprofundar sobre a viabilidade da implantação de um Conselho de Leigos Diocesano, com representantes de todas as Foranias; o cuidado com a formação qualificada e sistemática, através de um Projeto Pedagógico Diocesano de Pastoral (Escola da Fé; Escola de Formação Catequética e Núcleo de Formação e Espiritualidade/ INAPAF (Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar) para agentes de Pastorais e Movimentos, e a criação de diaconias nas regiões que carecem de assistência da Igreja, sob a responsabilidade de Diáconos, Padres Casados, Consagradas e Consagrados, Seminaristas, Leigas e Leigos.

Confiamos, como Dom Paulo Francisco, que tudo será feito em espírito de autêntica caridade e que todos são convidados a peregrinar pela vida da Diocese de Uberlândia, tendo como estrela e guia o Senhor da Vida, Jesus Cristo.

Por uma Igreja sempre missionária, caminhar é preciso…

_________________________________________

Maria do Rosário Silva

Coordenadora Diocesana Pastoral Familiar
Pós-graduanda em Direito Matrimonial Canônico

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!