Diocese de Uberlândia Em Destaque

"Mais importante do que ser bispo ou padre, é ser cristão", afirmou bispo diocesano na missa da unidade

Ocorreu na manhã desta Quinta-feira Santa (17), na Catedral de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Uberlândia, a tradicional Missa da Unidade ou dos Santos Óleos, como também é conhecida, com expressiva participação dos fiéis leigos e dos ministros ordenados (padres e diáconos), pertencentes às 47 Paróquias da Diocese, além de religiosos, religiosas e seminaristas.

DSCF1311

Às 09h15, o coral da Catedral, sob a regência de Padre Fábio Marinho, entoou a música de entrada do Jubileu de Ouro da Diocese, composta especialmente para a ocasião.

Durante o rito litúrgico, os óleos utilizados nos Sacramentos do batismo, da unção dos enfermos e da Crisma e Ordem, foram abençoados pelos bispo diocesano e, ao término da celebração, entregues às paróquias da diocese, através dos párocos, vigários e diáconos. Também durante a celebração, o clero renovou as promessas sacerdotais e diaconais, reafirmando, inclusive, o firme propósito de seguir fiel à vocação assumida.

DSCF1198

Um ponto alto da celebração foi a entrega dos santos óleos para as monjas clarissas, do Mosteiro Monte Alverne, no bairro Planalto, em Uberlândia. De clausura, as irmãs clarissas quase não são vistas em eventos diocesanos. Desta vez, no entanto, além da mensagem de Páscoa que costumeiramente enviam a toda a Diocese por ocasião da Missa da Unidade, duas delas se fizeram presentes à cerimônia religiosa e, muito aplaudidas pela assembleia, receberam das mãos de Dom Paulo o recipiente contendo os frascos dos três óleos abençoados.

DSCF1376

Em sua homilia, Dom Paulo Francisco destacou a missão e a vocação do presbítero, ressaltando, sobretudo, a dignidade régia do ministro ordenado aos moldes do Cristo Pastor: “Fomos consagrados para dar continuidade à obra de Jesus. Agimos em seu nome, no seu lugar, emprestamos a Ele nosso ser. Ele nos assume”.

[Para conferir a Homilia de dom Paulo Francisco, na íntegra, clique aqui]

Antes da benção final, o bispo diocesano ressaltou a dignidade comum dos fiéis; a conferida pelo batismo. Segundo o religioso, “mais importante do que ser padre, bispo ou papa, é ser cristão”, numa clara alusão ao compromisso e à graça que o Sacramento do Batismo confere na vida do cristão, chamado a ser no mundo testemunha viva de Cristo Jesus: “estamos no mundo, mas não somos do mundo”, recordou aos fiéis presentes à celebração.

DSCF1382

A cerimônia religiosa encerrou-se às 11h20. Em seguida, o clero dirigiu-se para o salão nobre do Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, no bairro Aparecida, para os cumprimentos de Feliz Páscoa e o almoço de confraternização.

Para conferir mais fotos da Missa da Unidade, acesse a nossa Fanpage: www.elodafe.com/elodafe

________________________

Fotos: Horácio Nelson (PASCOM São Judas Tadeu)

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!