Destaque Destaque2 Em Destaque

Mãos Sacerdotais, por Dom João Bosco

MÃO SACERDOTAIS

Mãos que dão a vida da graça, mãos que renovam essa graça pelo perdão divino. Mãos que não afagam um rosto querido da mulher, mas que abençoam em nome de Deus, o amor que Deus faz brotar entre um homem e uma mulher. Mãos que iluminam, com a luz do Evangelho, o amor matrimonial e o fazem aproximar-se do amor de Deus criador.
Mãos que não terão filhos ao colo, mas que colocam no colo de seus pais os filhos que, não tendo pedido para nascer, não encontram para si um
pouco de tempo na “ agenda “ de seus pais.
Mãos que abençoam, enxugando lágrimas de tantas pessoas esmagadas nos revezes da vida; mas que ficam sozinhas, na solidão, para enxugar suas próprias lágrimas quando as coisas não correm bem entre “elas” e o rebanho a elas confiado, quando a insistência da morte biológica ameaça a existência da vida espiritual, quando a existência da morte biológica põe a perder os entes mais queridos. Sobretudo nessa ocasião, os cumprimentos “sociais” ou protocolares chegam muito depois. Aprendi com meu sofrimento, nesta última circunstância, que não se enxuga lágrimas secas!
Mãos que curam os enfermos e lhes
devolvem a esperança de viver.
Mãos que fortalecem os fracos com o Pão dos fortes: a Eucaristia.

Santas mãos sacerdotais!

+ João Bosco

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!