Destaque Destaque2 Em Destaque

Novena de Natal

NOVENA DE NATAL

*OITAVO DIA
“A alegria da fidelidade”*

1.Acolhida
D.​Iniciemos nosso encontro, “em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”.
T.​Amém.
D.​Senhor, neste tempo de Advento, aqui nos reunimos para celebrar o oitavo dia de nossa Novena de Natal.
T.​Que o Espírito Santo, que fecundou o coração e o seio da Virgem Maria, nos ensine a acolher, com disponibilidade, a vossa Palavra. Com vossa graça, possamos realizá-la em nossas vidas. Amém.
Neste momento, diante do altar preparado, as velas são acesas,
enquanto o dirigente exorta os participantes, com as seguintes palavras.
D.​Irmãos e irmãs, o Senhor Deus das promessas nos convida a estarmos sempre vigilantes e em oração para acolher seu Filho que, no Natal, vem como Luz das Nações. Cantemos juntos:
T.​Deixa a luz do céu entrar (bis), abre bem as portas do teu coração e deixa a luz do céu entrar!

2.Palavra de Deus​ Mt 1,18-24
L1.​Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo. José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeitá-la secretamente. Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor falou pelo profeta: Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho, que se chamará Emanuel, que significa: Deus conosco. Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa.
3.Reflexão e partilha
L2.​O Evangelho convida-nos a considerar e a admirar a figura de São José, um homem santo. De Maria se diz que era “bendita entre todas as mulheres”. De José se escreveu que era um “homem de bem”, justo.
L3.​Apreendemos a fidelidade do pai adotivo de Jesus. Fidelidade provada desde o princípio. Mesmo sem tudo entender, permanece com discrição, humildade e, sobretudo, no silêncio. Com alegria, torna-se guardião de Maria e de Jesus, porque foi capaz de ouvir a Deus.
L4.​Como São José, somos capazes de nos deixarmos educar pela Palavra de Deus? Atualmente, em que consiste viver a fé com a fidelidade? Como damos testemunho da alegria de nossa fidelidade?
A partir das perguntas acima, estipula-se um tempo de 20 minutos para a partilha da Palavra.
Quem desejar poderá falar, mas não mais que 3 minutos.
4.Preces
D.​Rezemos ao Senhor Jesus que, no mistério do Natal, foi acolhido pelo justo José, cantando (dizendo):
T.​Vem Senhor, vem nos salvar, com seu povo, vem caminhar!
L1.​Senhor Jesus, dai-nos a graça de saber ouvir vossa Palavra.
L2.​Senhor Jesus, ajudai-nos a ser fiéis a vossa vontade.
L3.​Senhor Jesus, sustenta a nossa fidelidade.
L4.​Senhor Jesus, conduzi-nos no caminho da santidade.
(intenções livres)
D.​Nossa prece, prossigamos com a oração que o Senhor nos ensinou:
T.​Pai nosso…
D.​Saudemos a Mãe de Jesus:
T.​Ave Maria…
D.​Glorifiquemos a Trindade Santa:
T.​Glória ao Pai…

5.Despedida
D.​Juntos, peçamos a bênção de Deus para a família que hoje nos acolhe em sua casa:
T.​Senhor Jesus Cristo, vós que santificastes a casa de Nazaré, vem morar nesta casa. Dai a vossa benção e a vossa paz à família que hoje nos acolheu para esta Novena de Natal.
D.​E a todos nós aqui reunidos: “o Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna”.
T.​Amém!
D.​Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
T.​Para sempre seja louvado!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!