Diocese de Uberlândia Em Destaque

Ouça trechos da 48ª Mensagem para o Dia Mundial das Comunicações

Anualmente, a Igreja adere ao Dia Mundial das comunicações sociais também por meio de uma mensagem do papa endereçada a todos os profissionais da comunicação e a toda Igreja, em geral. Neste ano [48ª mensagem], o papa Francisco quis abordar o tema do “encontro”, pois, no dizer do papa, “a comunicação está a serviço de uma autêntica cultura do encontro”.

papafranciscoass

Para tanto, o pontífice tem diante dos olhos as chamadas “novas tecnologias” ou o mass mídia que possibilitam a amplificação quase ao infinito daquilo que se quer comunicar. Nesse sentido, o cristianismo tem uma missão intransferível, haja vista que “somos chamados a fazer redescobrir, no encontro pessoal e também através dos meios de comunicação social, a beleza de tudo o que está na base do nosso caminho e da nossa vida, a beleza da fé, a beleza do encontro com Cristo” (Francisco, 21/09/2013).

No ano de 2013, o papa emérito Bento XVI abordou o tema “Silêncio e Palavra”. E, no mesmo itinerário de Francisco, Bento afirmava que “o silêncio é parte integrante da comunicação e, sem ele, não há palavras densas de conteúdo. Ele abre um espaço de escuta recíproca e torna possível uma relação humana mais plena. É no silêncio, por exemplo, que se identificam os momentos mais autênticos da comunicação entre aqueles que se amam”. É por esse viés que a comunicação cristã deve se tornar anúncio, proclamação de uma boa nova – Evangelho -. O prólogo de João, por exemplo, nos recorda que “no princípio era a Palavra e a Palavra era Deus […] E a Palavra se fez carne e veio habitar entre nós” (Jo 1, 1-2.14).

Somos, por isso, missionários (as) de uma Palavra bendita que necessita ser dita de forma bem pronunciada para ser, enfim, escutada e seguida, a fim de cumprir na ceara do mundo, tal como a chuva do profeta Isaias, a sua missão altaneira (cf. Is 55,10). Neste anúncio, felizmente, nós não estamos sozinhos. Deus mesmo foi o primeiro a se comunicar. E, em sua autocomunicação, mostrou-se, ao mesmo tempo, santificador, redentor e pai.

E, por fim, em seu Filho, Deus se revelou de modo pleno. Jesus, o Cristo, é o Comunicador por excelência do Pai e do Seu Reino. Como cristãos, somos vocacionados a ser, na força comunicante do Ressuscitado, comunicadores dos valores daquele Reino que Já chegou, mas que, como nós, continua ainda em formatação. Oxalá o anunciemos “por sobre os telhados”, fazendo uso dos modernos meios que a ciência humana nos possibilita instrumentalizar.

________________________

Diácono Claudemar Silva
Assessor de Comunicação da Diocese de Uberlândia e Diretor do CCD – Centro de Comunicação Diocesano

Ouça trechos da mensagem papal, [button color=”black” link=”http://elodafe.com/wp-content/uploads/download-manager-files/mensagem-papa.mp3″ size=”medium” target=”_self” font=”georgia” align=”left”]clicando aqui[/button]

Para ler a mensagem na íntegra, clique aqui

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!