Diocese de Uberlândia Em Destaque Vida Comunitária

Paróquia São Cristóvão promove Movimento de Oração e Escuta

Com o objetivo de divulgar a devoção à Nossa Senhora Desatadora dos Nós, o Santo Rosário e a Evangelização, a Paróquia São Cristóvão, cuja Igreja Matriz está localizada à Rua Padre Américo Ceppi, nº 190, no bairro Brasil, promove o Movimento de Oração e Escuta (MOE) que ocorre semanalmente às quartas-feiras a partir das 19h30.

104

Confira abaixo o histórico e a programação dos momentos de oração e escuta.

1.Início da Devoção.

– Na Alemanha em 1700, Patrizier Hieronymus Ambrosius Langenmantel (1666- 1709) Cônego de São Pedro), de Augsburg, inaugurou o altar da Beata Virgem Maria com o atual quadro da Peregrinação de Maria Desatadora dos Nós. Nossa Senhora Desatadora dos Nós é apenas um entre os 2.000 títulos de Maria.

– Esta devoção ficou famosa na Argentina no final dos anos 1990. Uma cópia do quadro foi levada para Buenos Aires em 1996 pelo então Cardeal Bergólio – hoje Papa Francisco –  que a colocou na igreja de São José do Parral. De lá, veio para o Brasil por volta de 1995 em Búzios; em 1996, em Campinas-SP e, em Uberlândia-MG, no ano de 2000.

2. Descrição do Quadro.

– Maria é representada como a Imaculada Conceição e encontra-se entre o céu e a terra. O Espírito Santo, sob a forma de pomba, derrama suas luzes sobre a Virgem. Sobre sua cabeça uma coroa com 12 estrelas, representando os 12 apóstolos.

– Um dos anjos entrega-lhe uma faixa com nós grandes e pequenos, separados e juntos, enfim, um emaranhado de nós. Estes nós simbolizam o pecado original e nossos pecados cotidianos, que impedem a graça de frutificar em nossas vidas. Na parte inferior do quadro uma faixa cai livremente representando que um nó está desatado. No centro, Maria está entretida em desfazer os nós da faixa. As mãos de Maria estão em movimento e ela tem o olhar voltado para as próprias mãos, é que o trabalho que ela exerce, de desatar os nós, requer cuidado e atenção. A faixa simboliza o casamento. Antigamente não se usava aliança de casamento, as mulheres usavam uma faixa significando a união entre ela e o marido. A faixa era entrelaçada nos noivos durante a cerimônia de casamento.   Sob seus pés aparece o quadrante da lua e uma serpente, símbolo do mal.  O Esmagar a Serpente remete assim à Graça Especial que livrou Maria, no princípio, de toda mácula do Pecado Original.

– Há um anjo, um homem e um cachorro que se dirigem à uma igreja. É uma referência ao Livro de Tobias. Isto significa que há de se desatar primeiro os nós para que dois corações venham se encontrar. Nossa Senhora Desatadora dos Nós intercede por nossos nós, concedendo inúmeras graças no matrimônio e na reconciliação das famílias. Para isso, envia o Arcanjo São Rafael para nos mostrar o caminho certo.

– Assim, NSDN é invocada como aquela que nos ajuda a tirar todos os males de aflições que nos escravizam e nos tornam infelizes e pessimistas, dando-nos a verdadeira liberdade que só seu Filho Nosso Senhor Jesus Cristo pode nos dar.

3.  Interpretação:

O estudo da iconografia ressalta que como advogada e medianeira ante ao seu filho Jesus Cristo, nos facilita com o seu auxílio na solução das intrincadas vicissitudes do matrimônio e para desatar os nós de nossas vidas.   Já que este quadro reflete a fé da Igreja Católica na Mãe de Deus e expressa claramente a Mediação Maternal da Virgem Santíssima; por isso, Aquela que Desata os Nós, escolhida por Deus para esmagar com seus pés este mal, vem se manifestar como nunca, hoje, não só para nos dar emprego, saúde, reconciliação na família e outras necessidades, mas, principalmente, porque quer desatar os nós dos pecados que dominam nossas vidas, para que livres deles, possamos receber as promessas que nos estão reservadas desde a eternidade. Promessas de vitória, de paz, de bênçãos, de reconciliação.

4. RESUMO HISTÓRICO DO MOVIMENTO EM UBERLÂNDIA

4.1.  COMO COMEÇOU:

Carlos Alberto de Lima Pessoa e sua esposa, Rita de Cássia, juntamente com outros fiéis, iniciaram o movimento orante aqui em Uberlândia. Por orientação do  então Pároca daquela época, Pe. Ivanir Pinto dos Santos Filho, em janeiro de 2000 foi formada uma equipe na Paróquia de São Cristóvão para realizar nas quartas-feiras, na Igreja Matriz, um momento de oração para reunir os paroquianos. Estudaram, pesquisaram, oraram ao Espírito Santo e à Virgem Maria, enfim dedicaram-se inteiramente e, sob a unção do ES, tiveram seu propósito aprovado pelo pároco e pelo Bispo Diocesano, Dom José Alberto Moura, que redigiu uma oração especial à Nossa Senhora Desatadora dos Nós! Em junho de 2000 foi realizado o 1º. Momento de Oração e Escuta, que é um ato litúrgico comunitário de celebração da Palavra de Deus e de devoção à Nossa Senhora Desatadora dos Nós, com aprovação diocesana.

4.2. COMO EVOLUIU

No princípio, as celebrações do Momento de Oração e Escuta tinham um número médio inferior a 50 participantes, hoje, a Igreja Matriz e o salão ficam tomados pelos  devotos, católicos ou não. A assembléia é composta por pessoas dos mais longínquos bairros de Uberlândia, é fiel, perseverante, há fieis que freqüentam o MOE desde sua fundação, vêm de perto, de longe, de uma paróquia distante, de outras cidades… são filhos amados e amantes de Maria! Para propagar a devoção a NSDN, são distribuídos impressos com orações e novenas. O Movimento Orante adota o lema: “oração não se compra e não se vende”.

– Anualmente, em dezembro, é realizada a Festa  em homenagem à NSDN.

–  Vigílias, retiros espirituais, cursos de formação e encontros também são realizados para a equipe do Movimento. Já foram realizados cursos de formação para o Momento de Oração e Escuta, assim como, cursos de formação em Acolhida para outras paróquias da Diocese e para agentes pastorais e leigos de diversas Paróquias.

5. AS ETAPAS DO MOMENTO DE ORAÇÃO E ESCUTA

Os fiéis são acolhidos por toda a equipe que se posiciona às portas da Igreja e do salão. A acolhida é uma atitude de amor para com nosso próximo, nosso irmão, que ali se encontra em busca da graça. Há uma preparação especial para sua realização. Os Livros de Pedidos de Oração,  os Papéis Para os Pedidos ou os Cordõesa serem queimados nos alguidares durante a Procissão de Queima ficam à disposição dos fiéis nas mesas. Novenas são distribuídas gratuitamente e os membros da equipe estão à disposição para ensinar a rezar o terço.

1. Acolhida

2. Oração do Santo Terço

3. Relaxamento

4. Entrada de Nossa Senhora

5. Oração Meditada

6. Palavra do Senhor – Evangelho e Partilha da Palavra

7. Oração de Queima

8. Bênção Final.

4.3. OS GRUPOS ORANTES

Em 2004 ao Movimento Orante de NSDN, especialmente ao Momento de Oração e Escuta – MOE, vieram se juntar cerca de 30 grupos de oração com a imagem peregrina  de NSDN, os Grupos Orantes de NSDN. Cada grupo reunindo 9 famílias. A imagem peregrina permanece com cada família por 20 dias, duas vezes por ano. Era o início de novos caminhos para propagar a devoção à NSDN. Os Grupos Orantes, são mais de 1.500, em Uberlândia, em toda a Diocese, em todos os estados da federação e no exterior. Os Grupos Orantes têm por

objetivo:

–  difundir a devoção à NSDN;

– incentivar a recitação do Rosário

– evangelizar, levando as pessoas a conhecerem os principais fatos da vida de Jesus através da contemplação dos Mistérios da nossa redenção, incentivando a leitura da Bíblia e a meditação dos textos bíblicos

– proporcionar às pessoas idosas que encontram dificuldade de locomoção a integrarem um grupo de oração, minimizando, muitas vezes, a solidão a que estão relegadas.

PALAVRA DA COORDENAÇÃO:

A Coordenação do Movimento Orante de Nossa Senhora Desatadora dos Nós e do MOE – Momento de Oração e Escuta é exercida por 03 (três) membros, atualmente, João Vicente, Márcia e Carmen.

A Equipe participa de duas reuniões semanais:

– A primeira, às terças-feiras, a partir das 19:30h, inicia-se com a Santa Missa, logo após é feita a montagem do salão, onde são organizadas as 400 cadeiras que acomodam os fiéis, vez que o espaço da Igreja é insuficiente para o grande número de fiéis.

– A segunda, às quartas-feiras, a partir das 17:00h, quando a equipe responsável pela organização da parte externa, com a instalação e montagem da estrutura destinada a acolher os fiéis – mesas, cadeiras, mesas de apoio, imagens, Livros de Pedidos, Papéis para os Pedidos, acolhida, distribuição de novenas, informações, ensinamento da reza do Santo Terço, etc. A partir das 19:30h tem início o Momento de Oração e Escuta, com a Reza do Santo Terço e as demais etapas, encerrando-se às 21:30h.

É assim que funciona o MOE, há 14 anos, sob o manto protetor de NSDN! Convidamos todos os fiéis, devotos de Maria ou não, que venham participar do Momento de Oração e Escuta, às quartas-feiras, a partir das 19:30h. Se você ainda não conhece a devoção venha conhecê-la, vai se sentir acolhidos nos braços de Maria e sentir a proteção do Senhor sobre você e sua família.

PALAVRA DO PÁROCO – Pe Joaquim da Costa Porto

O que para mim era totalmente desconhecido, agora compreendo o alcance e a importância dessa devoção  à Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Ha um ano e 3 meses que sou Paróco  da Paróquia São Cristóvão posso testemunhar o trabalho, empenho e dedicação dos agentes do MOE – Movimento de Oração e Escuta – na condução desse belo trabalho realizado junto aos devotos de Nossa Senhora.  A devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós atrai pessoas de todas as partes da Cidade de Uberlândia e de outras cidades da região também. Tanto as pessoas que participam nas quartas-ferias, uma média de 900 pessoas, quanto à própria equipe paroquial que mantem essa tradição  de pé, favorecem muito a nossa Paróquia e nos ajudam com seu testemunho a nos fortalecermos com discípulos e missionários de Jesus Cristo sob o vigor, alegria e intercessão de Nossa Senhora Mãe da Igreja e nossa Mãe.  Venha participar conosco desse momento de oração, silêncio e escuta. Que Deus nos abençõe.

Participe!

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!