Diocese de Uberlândia Em Destaque

Pastoral celebra o Natal com moradores em situação de rua

‘Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo’ (Lc 1, 68). O Senhor, como nos relatam as Escrituras e a tradição judaico-cristã, como afirma a passagem do Evangelho de São Lucas, é um Deus que visita e redimi o seu povo – que vai sempre ao encontro daqueles que necessitam de sua misericórdia.

A encarnação do Cristo, pobre e marginalizado, evidencia esta característica do amor divino, que se inclina diante daqueles que sofrem, dos menores “numa sociedade frequentemente embriagada pelo consumo e o prazer, de abundância e de luxo, de aparência e narcisismo”, como recordou o Papa Francisco, em sua homilia na Santa Missa do Natal do Senhor, na Basílica Vaticana.

CAM01262

E esse fato – o Natal do Senhor – continua a se manifestar mais de dois mil anos após a sua consumação, por meio da atuação de pessoas, que impelidas pelo Espírito Santo, dedicam-se àqueles que, assim como, Jesus Cristo, nascem e/ou vivem marginalizados, refugiados e excluídos das benesses de um mundo marcado por injustiças e desequilíbrio.

Tanto Bartolomeu I, Arcebispo de Constantinopla e Patriarca Ecumênico, como o Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, Frei Michael A. Perry (2015), em suas mensagens para o Natal deste ano, destacam que a figura do Cristo refugiado, nascido num estábulo, na terra dos gentios, nos remete à massa de refugiados que assistimos aumentar a cada dia, com crianças junto a seus pais sendo expulsas de suas terras, tendo que fugir da operação de tiranos, os Herodes de hoje (BARTOLOMEU I, Mensagem de S. S. Bartolomeu I. Patriarca Ecumênico, para a Natividade de 2015).

E não é preciso atravessar o Atlântico para se deparar com refugiados, aqui mesmo encontramos diversos deles, sejam os haitianos, bolivianos, dentre outros, ou mesmo, brasileiros que fogem de suas cidades, de suas vidas e até de si mesmo, porque perdem o sentido da vida, a sobriedade. Diante de tais injustiças, afirmou Papa Francisco em sua homilia já citada, “Num mundo que demasiadas vezes é duro com o pecador e brando com o pecado, há necessidade de cultivar um forte sentido da justiça, de buscar e pôr em prática a vontade de Deus”.

CAM01260

Frei Michael A. Perry, em sua Carta para o Natal, exorta seus confrades a perceber que “Aquela carne frágil de bebê é a mesma que há de percorrer as estradas da Palestina, acolherá pobres e doentes, inclinar-se-á sobre pecadores, não terá medo de deixar-se tocar com ternura por crianças e mulheres”. E esta mesma ternura permanece, pela força do Espírito, na carne destes fiéis que vão ao encontro e se deixam tocar pelos menores em nossa sociedade, aqueles que não dispõem de nenhum bem material, algumas vezes, desfigurados pela exclusão.

E é isto que fazem os agentes da Pastoral de Rua, da Diocese de Uberlândia, durante todo o ano, inclusive no Natal. Este grupo se reúne para pôr em prática a vontade de Deus, fazendo que a Natividade aconteça de forma concreta na vida de vários irmãos, que assim como o Senhor naquela manjedoura, encontram-se refugiados, marginalizados.

Todos os anos no dia do Natal é organizada uma confraternização na Casa de Acolhimento Fraterno Santa Gemma Galgani, que conta com a colaboração dos agentes da Pastoral de Rua, que administra a casa, além de outros voluntários e colaboradores que se unem para garantir às pessoas em situação de rua, que se encontram na cidade nesta data, um verdadeiro encontro com o Menino Jesus. A equipe se divide entre buscar os irmãos em situação de rua em diversos pontos da cidade, preparar a Ceia de Natal, cortar cabelo, entregar roupas, dentre outras atividades.

E assim, o Senhor continua visitar e a redimir seu povo, seja por meio da oração, pela qual nos comunicamos com Ele, seja pela atuação pastoral da Igreja, que se dá por meio dos fiéis que, assim como Maria, disseram seu sim e permitiram que o Menino Jesus habitasse em seu coração.

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!