Compromisso Missionário Diocese de Uberlândia Em Destaque

Pastoral da Saúde da Diocese é referência em atendimento social

Com olhar curioso e sem perder a destreza das mãos que manejavam com precisão as mantas geriátricas, mais de 15 agentes da Pastoral da Saúde presentes no trabalho voluntário desta semana na sede da Pastoral, recepcionaram o bispo diocesano, Dom Paulo Francisco Machado e o Diácono Claudemar Silva na tarde dessa quarta-feira (09).

010

Entre sorrisos largos e votos de boas-vindas, as voluntárias do projeto “fraudão geriátrico” confeccionam mais de 800 fraudas, resultado de um único dia de trabalho que se inicia às 13h e se estende até por volta das 18h. “Se houvesse mais voluntários e mais materiais o resultado semanal poderia chegar até 3000 fraudas”, segundo a coordenadora diocesana da Pastoral da Saúde, Ana Maria Lemes. O projeto “fraudão geriátrico” está no seu sexto ano, tendo sido iniciado na segunda quinzena de setembro do ano de 2008. Para Utilinda Tavares Damaso, da Paróquia São Judas Tadeu, esse trabalho representa “uma doação que eu posso fazer com a minha vida, com muito amor para pessoas que precisam de uma atenção, um cuidado especial”.

025

A Pastoral da Saúde é nacionalmente reconhecida pelo seu compromisso social e humanizador. Os números, num primeiro momento, impressionam. Em toda a diocese são mais de 2.000 agentes voluntários comprometidos com o atendimento de até 5.000 pacientes (rotativos). Quase todos os hospitais da cidade são atendidos pela Pastoral. Em Uberlândia, segundo Ana Maria, além de Congressos e Formações nas Foranias, a Pastoral da Saúde recebe regularmente visitas de alunos universitários de várias Faculdades interessados em conhecer e estudar o trabalho desenvolvido pela Pastoral.

016

Atualmente, 30 voluntárias das mais diversas Paróquias da Diocese se reúnem religiosamente às quartas-feiras para contribuírem com mais de 80 enfermos e pessoas carentes que necessitam das fraudas geriátricas. Devido à grande demanda, são feitas triagens a fim de se verificar os casos mais urgentes, destinando-lhes as fraudas correspondentes. Cada pacote contém até 20 fraudas, sendo que uma pessoa utiliza até 3 fraudas por dia. Além dos que vêm à sede da Pastoral da Saúde buscar as fraudas, há aqueles que recebem em suas casas por meio das voluntárias. Para Maria Aparecida Gormattes Pereira, da Paróquia São Sebastião, o voluntariado através da Pastoral da Saúde a deixa verdadeiramente feliz: “Eu me sinto muito feliz em poder contribuir fazendo algo para ajudar na assistência aos doentes acamados e às famílias carentes, já que este é o objetivo da Pastoral da saúde”.

028

A primeira máquina obtida para a confecção das fraudas foi uma doação da CEMIG, após um projeto da própria Pastoral. “Era uma maquina manual. Hoje, a máquina é uma industrial e foi uma doação da Prefeitura Municipal mediante projeto aprovado pela câmara”, informou a coordenadora. Apesar dessas doações, a Pastoral enfrenta dificuldades para atender ao grande número de solicitações que continuamente chegam à sua sede. A fim de manter a rotina do trabalho no suportável, a Pastoral da Saúde realiza anualmente um evento na Travessa Cristo-Rei, no bairro Fundinho, para arrecadar fundos. Ele ocorre na véspera do dia da Mulher (08 de março), com sorteio de brindes, shows ao vivo e lanches. A entrada tem valores estipulados à época do evento. É assim que a Pastoral consegue comprar máscaras, tocas, luvas, manta geriátrica e o filtrante polietileno para a confecção das fraudas geriátricas. Ao ser questionada sobre o trabalho que realiza, voluntariamente, dona Sebastiana Venâncio Rocha, da Paróquia Nossa Senhora do Caminho, afirmou: “é um trabalho muito gratificante. É uma terapia esta oportunidade que Deus me deu de doar um pouco de mim neste trabalho para ajudar o meu irmão que tanto espera de nós”.

023

O entusiasmo, a docilidade e o comprometimento estão em todas. O brilho do olhar e a alegria do serviço em prol de pessoas que talvez nem conheçam, é de longe percebido. Ao término da visita, a coordenadora afirmou: “nossa missão não é fácil, mas temos a força interior que impera em todos os nossos corações: o amor. É ele que nos renova e nos impulsiona cada vez mais a trabalhar pelo Reino de Deus. Temos certeza de que estamos promovendo o bem de todos os filhos e filhas de Deus e, ainda, estamos cientes de que tudo isto é um desafio, mas, acima de tudo, uma compensação de nascer e ter vivido e não apenas existido”. O papa Francisco recentemente afirmou: “duvido de um amor que não doa e que não custe”. Certamente, quem se deixa levar por este Amor, ouvirá um dia: “vinde, benditos de meu Pai, pois estava enfermo e me fostes visitar” (Mt 25,46).

_______________________

Para quem desejar contribuir com a Pastoral da Saúde, as doações podem ser feitas diretamente na sede da Pastoral, localizada à Rua José Rezende Costa, 111, no bairro Santa Maria, atrás da Rondon Pacheco. Os telefones para contato: 34 – 3216-6446 ou 34 – 9117-9853, falar com Ana Maria Lemes.

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!