A Igreja no Brasil e no Mundo

PJ faz manifestação na JMJ pela redução penal

pjCentenas de jovens, membros da PJ (Pastoral da Juventude), fizeram caminhada numa das pistas da avenida Atlântica, em Copacabana, na tarde desta sexta-feira, para pedir que a população diga “não” à proposta de redução da maioridade penal.

“Vamos juntos/as gritar, girar o mundo. Chega de violência e extermínio de jovens”, frase do padre Gisley Azevedo, ex-assessor da CNBB, assassinado em 2009, foi apresentada, em três idiomas, no material distribuído durante a caminhada da PJ por Copacabana. O gesto dos jovens faz parte da Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens.

Os jovens apresentam 18 razões contra a redução da Maioridade Penal:

1. Porque já responsabilizamos adolescentes em ato infracional;
2. Porque fixar a maioridade penal em 18 anos é tendência mundial;
3. Porque o índice de reincidência nas prisões é de 70%;
4. Porque reduzir a maioridade penal não reduz a violência;
5. Porque a lei já existe. Resta ser cumprida;
6. Porque a fase de transição justifica o tratamento diferenciado;
7. Porque, na prática, a PEC 33/2012 é inviável;
8. Porque reduzir a maioridade penal é tratar o efeito e não a causa;
9. Porque reduzir a maioridade penal isenta o Estado do compromisso com a juventude;
10°Porque educar é melhor e mais eficiente do que punir.

Porque as leis não podem se pautar pela exceção;

11. Porque o Brasil está dentro dos padrões internacionais;
12. Porque reduzir a maioridade penal não afasta crianças e adolescentes do crime;
13. Porque afronta leis brasileiras e acordos internacionais;
14. Porque educar é melhor e mais eficiente do que punir;
15. Porque importantes órgãos têm apontado que não é uma boa solução;
16. Porque poder voltar não tem a ver com ser preso com adultos;
17. Porque os adolescentes são as maiores vítimas, e não os principais autores da violência;
18. Porque o sistema prisional brasileiro não suporta mais pessoas.

 

FONTE: www.cnbb.org.br

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!