Destaque Diocese de Uberlândia Diocese em Ação Sem categoria

Primeira reunião do Clero em 2019 foi marcada por propostas pastorais diocesanas

O Centro Pastoral Cristo Rei, da Catedral Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, acolheu na manhã de ontem (14), padres e diáconos do Clero diocesano para sua primeira reunião do ano. O momento foi marcado pela apresentação de propostas a nível diocesano para a Campanha da Fraternidade 2019, o Mês Missionário Extraordinário em outubro, Comissão Diocesana para o Dízimo e também a apresentação da nova assessoria eclesiástica da Pastoral Vocacional. 

A reunião começou, como de costume, com as orações das Laudes (Liturgia das Horas). Conduzida por Pe. Hudson Inácio, cura da Catedral. Em seguida, Dom Paulo Francisco, bispo diocesano, acolheu a todos os presentes. O primeiro assunto em pauta foi a propostada Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para a Campanha da Fraternidade (CF) 2019. Tendo como tema: “Fraternidades e Políticas Públicas” e lema: “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27), a Campanha começa oficialmente no dia 06/03, quando a Igreja celebra o início do tempo quaresmal com a Quarta-feira de Cinzas. 


José Horácio, da Comissão Diocesana de Justiça e Paz, apresentou brevemente a proposta da CF aos presentes. A preocupação da Igreja é que seja assegurado ao povo políticas públicas que valorizem a vida humana em todos os seus aspectos. Horácio colocou a Comissão à disposição para assessorar formações nas Paróquias da Diocese e ressaltou a importância de uma participação do povo de Deus na Campanha.

Após uma breve pausa para o café, Pe. João Antônio Júnior, pároco da Paróquia São Francisco das Chagas e membro do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), levou ao conhecimento do Clero a convocação do Papa Francisco para o Mês Extraordinário Missionário (MME), em outubro. Animado pelas Pontifícias Obras Missionárias, o Mês prevê algumas ações a serem realizadas a nível diocesano. Entre elas, para a Igreja particular de Uberlândia, foram consideradas: 

Preparação e abertura do MME no dia 31/10, na Catedral Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. 
Assumir no DNJ 2019 a temática do MME: Batizados e Enviados.
Pastoral juvenil realizar atividade pública de anúncio do Evangelho.
Nas novenas dos santuários diocesanos contemplar a temática do MME.
Promover a oração pelas missões.
Fortalecimento do COMIDI e criação dos Conselhos Missionários Paroquiais (COMIPAs)

Outro assunto tratado na reunião foi a criação de uma Comissão Diocesana para o Dízimo. Apresentada por Pe. Marco Aurélio, pároco da Paróquia Sagrada Família e quem irá assessorar o trabalho, o projeto visa orientar as Paróquias e Pastorais do Dízimo a fim de que a mesma orientação possa ser refletida nos dizimistas diocesanos. Todo trabalho será realizado a partir do Documento 106 da CNBB: “O dízimo na comunidade de fé: orientações e propostas”.  Pe. Marco Aurélio pediu aos padres que possam encaminhar agentes da Pastoral do Dízimo paroquiais para uma primeira reunião no dia 23 de março, sábado, das 14h às 16h, no Santuário Diocesano.


Por último, Diácono Handley Gonçalves se apresentou como o novo assessor eclesiástico da Pastoral Vocacional. O projeto é que a Pastoral se fortaleça na Diocese e que bons frutos vocacionais sejam acolhidos com o trabalho. O Diácono ainda se colocou à disposição para receber dos padres e diáconos os nomes dos jovens vocacionados de suas comunidades particulares para realizar um trabalho de discernimento vocacional.

A reunião foi encerrada com um almoço para a confraternização do Clero, feito pelas mãos de agentes da Catedral Santa Teresinha. Desejamos que o ano de 2019, em que já vivemos a X Assembleia Diocesana de Pastoral, seja abençoado e que o âmbito pastoral diocesano possa ser fortalecido à luz da Palavra de Deus. 

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!