Diocese de Uberlândia Em Destaque

Profissão de 18 Leigos na Ordem Terceira Franciscana: "para ser presença do Evangelho"

A família franciscana esteve em festa neste sábado (21). Foi realizada na Igreja Nossa Senhora Auxiliado, no bairro Tibery, em Uberlândia, durante a celebração da Santa Missa de Jesus Cristo Rei do Universo, a profissão de fé de 18 membros da Ordem Franciscana Secular (OFS) – a Terceira Ordem Franciscana –, da fraternidade Santa Clara, que está vinculada à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, da Paróquia São Sebastião.

profissao

A celebração foi presidia por Frei Vicente, Assistente Espiritual Regional da OFS, e contou com a presença de Frei Tavares, representante da Província dos Capuchinhos de Minas Gerais. Também estiveram presentes Frei Ismail, Frei Fabrício, Frei José Carlos e Frei Plínio Lukain, além dos frades e de outros sacerdotes e religiosas, dentre elas as irmãs clarrisas, representadas por Madre Elizabete e Irmã Maria Eucaristia, e Irmã Terezinha das “Irmãs Franciscanas do Senhor” e Irmã Ilar. Os jovens da Juventude Francisca (JUFRA) auxiliaram na celebração.

A profissão teve início após a proclamação do Evangelho. Frei Vicente em sua homilia destacou que: “Ser franciscano secular é ser presença do Evangelho, da palavra de Deus, presença do próprio Deus na vida das pessoas”. Abaixo a homilia completa:

“Nós estamos aqui em primeiro lugar para celebrar esse nosso encontro com Jesus na eucaristia, acolhendo a palavra de Deus. E, com a possibilidade e a oportunidade de receber o próprio Jesus na comunhão – mistério do amor e da presença de Jesus na nossa vida, na nossa caminhada. Hoje nós estamos encerrando o ano litúrgico com essa festa de Jesus Cristo Rei do Universo. No diálogo de Jesus com Pôncio Pilatos nós ouvimos Jesus dizer diante da pergunta se ele era rei: ‘Sim, sou rei. Pra isso nasci, pra isso eu vim para esse mundo. Para dar testemunho da verdade. Aquele que é da verdade escuta a minha voz’. A nossa vida está nisso, que é acolher Jesus Cristo e pedir, escutando a sua palavra, escutando os seus ensinamentos. Nos colocarmos em nossa caminhada como discípulos de Jesus. A Igreja hoje nos convida a ser discípulos e missionários. Porque quem escuta a Jesus, quem aceita seu convite, seu chamado para segui-lo não pode voltar atrás. Pois a sua palavra a sua mensagem são a única certeza e ele tem de levar essa palavra a todas as pessoas. Hoje nós estamos aqui nesta celebração acolhendo na fraternidade da Ordem Franciscana Secular dezoito pessoas que se preparam durante um tempo, para fazer esse compromisso: viver o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. São Francisco se propôs a isso. Quando ele vai percebendo esse desejo ardente de seguir os caminhos de Jesus ele vai formando essa regra de vida pra todos que querem seguir o seu caminho, seguir a sua proposta evangélica, na regra e na vida dos irmãos menores: viver o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os franciscanos seculares dão esse testemunho para suas famílias, para suas comunidades, no meio onde vive, no trabalho, de quem quer viver a sua fé seguindo o exemplo de São Francisco de Assis. Na simplicidade da vida, na humildade do coração, em tudo buscando se identificar com Jesus Cristo pobre e crucificado. Nós desejamos e acolhemos vocês hoje nesse espírito. Vocês estão iniciando a sua caminhada, onde cada vez mais devem estar testemunhando o Evangelho […] assimilando cada vez mais o Evangelho possam ser sinal da presença e do amor de Jesus no meio das famílias de vocês. Depois nas comunidades, no meio onde vivem. Ser franciscano secular é ser presença do Evangelho, da palavra de Deus, da presença do próprio Deus na vida das pessoas. É estar nesta busca, esta caminhada onde cada vez mais estarão contribuindo com o próprio Cristo para construir um mundo mais humano, um mundo mais justo onde as pessoas se encontrem com irmãos e irmãs, se respeitem, estejam com esse cuidado com a natureza, com a nossa casa, como diz o Papa Francisco. E levando a todos essa certeza, essa busca de estar sempre crescendo no amor a Deus, no amor aos irmãos e irmãs. Celebrando então essa festa de Cristo Rei, acolhendo esses irmãos que fazem sua profissão de fé na Ordem Franciscana Secular, nós cristãos reunidos nesta celebração nos enchemos de esperança, porque o convite de Jesus vem, segue e continua sendo acolhido por pessoas, que querem a partir de sua fé ser sinal de esperança e de vida nas suas famílias, na sociedade, na Igreja. Deus abençoe vocês. Guiados pelo Espírito de Amor, vocês possam cada vez mais conformar a vida de vocês com a de Jesus Cristo naqueles exemplos que São Francisco lembrou: a simplicidade, a pobreza no seu nascimento e no seu presépio, a doação de sua vida na cruz e sua presença atual na eucaristia. É o próprio Jesus que se dá nós, sustentando a nossa caminhada, fazendo presente nossos anseios e esperanças para que continuemos a sua missão nesse mundo que nós estamos vendo marcado por tanta violência, tanto ódio, tanta guerra, vamos ser sinal de paz, de esperança, deixar que Jesus se faça presente no nosso coração na nossa vida”, concluiu.

profissao2

Fabiana Brito e Peggy Louise Bruno Storti, que também estavam professando os seus votos, tocaram uma música após o ato da profissão. Fabiana Brito foi que proferiu as palavras finais de agradecimento.

________________

Por, Leandro Oliveira – Repórter do ELODAFE

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!