Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (01/02/2024) MONSENHOR PAULO DAHER

4ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira
01/02/2024

Em Marcos 6, 7-13, Jesus enviou seus discípulos para evangelizar com os mesmos poderes que Ele sobre doenças.
Nada levem pelo caminho. Confiem e o Senhor os acompanhará sempre. Assim o fizeram…
Pode ser que estranhemos ver Jesus enviar seus apóstolos para fazer o mesmo que Ele.
Como? Parece imprudência. Que preparo eles tinham?
Deus pode tudo o que quiser. Cristo confiou e lhes deu o mesmo poder que Ele. E mais que isso, colocou em seus corações um amor muito grande pelo bem de todos. Iam ser como Jesus, agir como Jesus, ver a alegria nos rostos das pessoas por experimentarem quanto Deus os ama.
Isso acontece com frequência seja com nosso trabalho como padres atendendo as pessoas, como toda a ação de uma pessoa que se sentindo amada por Deus é enviada ao encontro dos outros. A graça, a luz do amor de Deus sempre manifestam a presença de um Deus amoroso que se sente feliz de ver-nos, de falar-nos.
O símbolo da presença do amor de Deus em nós e para com as pessoas é o sentimento de paz, a sensação de tranquilidade no pensar, sentir e agir. E ficamos mais dispostos a acolher todas as pessoas como irmãos queridos. Estaremos sempre atentos ao que diz respeito a cada pessoa.
Em primeiro lugar nossa palavra, a atenção que damos às pessoas é o começo de mudança dos medos e problemas que cada um tenha.
O trabalho apostólico dos discípulos de Jesus durante a missão a eles confiada, pela maneira extraordinária que Jesus lhes deu então (milagres, curas etc.), poderia fazer-nos pensar: como eu posso fazer o mesmo trabalho que eles sem os meios especiais de que dispunham?
O trabalho é o mesmo, a missão é também divina, as pessoas são de fato necessitadas, os meios extraordinários não devem ser nossa preocupação. Deus não precisa fazer milagres visíveis. Ele age como quer, quando quer e com os meios que encontra. Não queiramos ver milagres. O que vai acontecer com as pessoas só Deus encaminha e sabe. Quero ser só seu instrumento, veículo para que as pessoas encontrem Jesus e o sigam.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!