Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (03/02/2024) Monsenhor Paulo Daher

3º Domingo da Quaresma
03/03/2024

Em João 2, 13-25, Jesus vai ao templo e vê muito comércio lá, expulsa a todos, pois profanavam a casa do Senhor. Os judeus reclamaram desta atitude.Jesus fala que se destruírem o templo Ele o reconstruiria em três dias. Ficaram espantados, pois precisaram 40 anos para isso. Mas Jesus falava de sua morte e ressurreição. Muitos acreditaram em Jesus. E Ele conhecia a todos e sabia quem era sincero.
Tempos atrás nossa casa, a reunião em família, era um ambiente gostoso de se estar. Aí vinham todos os assuntos. Conversávamos mais uns com os outros. Voltar para a nossa casa já era uma satisfação depois de um dia de trabalho e se podiam curtir momentos melhores com todos juntos.
Hoje até nossa casa tornou-se um lugar público ou já não há sossego. Há sim, porque as pessoas não conversam a não ser com a televisão, com o celular. Todos em casa mas viajando pelo internet.
Assim a Igreja seria o único refúgio de silêncio e de calma para nos concentrar e estar mais com Deus. Mas por não nos encontrar mais fora, até a Igreja às vezes está sendo um lugar onde as pessoas se veem e querem conversar. O que o fazem antes e depois da missa. Isso ainda se as músicas dos cantos ajudarem, o que nem sempre acontece…
O silêncio começa lá dentro de nossa cabeça e de nosso coração.
Precisamos do silêncio. Havia um provérbio antigo que dizia: a palavra é de prata. O silêncio é de outro.
Sem o silêncio é difícil concentração e atenção. Até com nossa saúde do corpo, o silêncio, a pausa, o repouso, o sono diminuem o ritmo da atividade física para refazer nossas forças, para acalmar o ritmo de nosso sistema nervoso.
Pessoas que tiveram experiência extra corporal em estado de quase morte atestam que nestes momentos em que sentiram a comunicação com Deus nos atestam que foi sem palavras, numa forma diferente de nossa comum comunicação na vida terrena.
O apostolo Paulo afirma ter tido esta mesma experiência e sensação quando foi arrebatado aos céus (2Cor 12,2s)
É possível se pudermos escolher tempo, hora e lugar nos concentrarmos para silenciar nosso interior e dispor-nos a ouvir Deus. Esta experiência faz um bem imenso a todo o nosso ser a partir de nosso exterior até o íntimo de nós mesmos. A começar por nosso próprio ser e o melhor é poder sentir a presença de Deus que se comunica conosco como quer.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!