Sem categoria

Reflexão (07/2023) Monsenhor Paulo Daher

31ª Semana do Tempo Comum | Terça-feira
07/11/2023

Em Lucas 14, 15- 24, Jesus conta: um senhor deu um grande banquete e convidou muita gente. Mandou os empregados chamar os convidados. Cada um deu uma desculpa para não ir: um iria ver o campo comprado, outro ia ver as cinco juntas de bois, o outro casou.
O dono mandou chamar os que estavam na praça.
A Casa ficou cheia.
O patrão disse: nenhum dos convidados antes, vai provar do meu banquete.
Jesus gosta de comparações com realidades conhecidas. No oriente a refeição é ocasião para muitos ensinamentos.
Quando alguém rico quer agradar a seus amigos, os convida para uma refeição festiva.
A Palavra de Deus muitas vezes compara o momento de estar à mesa com os amigos para uma refeição como imagem da união de muitas pessoas no Reino de Deus.
Ser convidado é um gesto de escolha de quem quer bem às pessoas. Negar um convite é não valorizar esse gesto de amizade.
No Reino, deixar de atender a Deus para satisfazer seus próprios desejos, é quase desvalorizar o amor que Deus nos tem.
Mas aqui também os três que se negaram a ir à refeição é a imagem do povo judeu, que escolhido por Deus, desde o início de sua existência, muitas vezes deixou de atender ao Senhor para seguir seus próprios desejos ou para atender a convites de outros que não tinham o Senhor como Deus.
E por fim, como em outra parábola(Mt 21, 33ss) chegaram até a matar as pessoas enviadas para convida-los.
Jesus não só convidou de novo os judeus para fazerem parte de seu reino, como também para serem a porta de entrada de outros povos para seu Reino.
Os mais responsáveis não atenderam…
Assim todos os povos são convidados a pertencerem ao Reino de Deus.
Comparando com nossa vida, nós que já pertencemos ao Reino de Deus, sua Igreja, muitas vezes nos negamos a atender aos convites de Cristo para uma participação maior nas riquezas espirituais de seu Reino, a partir da Refeição Sagrada: a Eucaristia.
Jesus na parábola diz que os convidados deram desculpas. É imagem de nossa vida: vivemos nos desculpando pela nossas fugas… Mas a refeição sagrada da presença de Jesus não se perde, outros irão aproveitar deste convite e nós seremos deixados de fora…

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!