Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (09/2023) Monsenhor Paulo Daher

Dedicação da Basílica do Latrão (Catedral de Roma) – Festa | Quinta-feira
09/11/2023

Em João 2, 13-22, Jesus perto da Páscoa foi ao templo e dentro havia vendedores de todo o tipo de animais para os sacrifícios.
Jesus fez um chicote e expulsou a todos do recinto do templo.
Os judeus reclamaram desta atitude. E Jesus disse: “destruam este templo e eu o reconstruirei em três dias.”
Os judeus disseram que levaram 40 anos para construí-lo, como ele iria reconstruir em tão pouco tempo.
Mas Jesus falava de seu corpo.
Quando ele ressuscitou, lembraram o que havia dito e acreditaram nele.
Na cidade há lugar para todas as atividades das pessoas. A casa para morar. A loja de comércio para comprar o necessário, as fábricas para produzirem, as praças para o lazer. As estradas para nos dirigirmos de uma cidade a outra etc.
E para Deus, não deveria haver lugar algum próprio, pois Ele está em toda a parte e em nós. No início aparecia em lugares determinados. Ali o justo levantava uma pedra comprida(estela) como marco de sua presença. Depois pelo deserto saindo do Egito, o lugar sagrado era a Tenda dos Pedras da Aliança do Sinai. Por fim o rei Salomão construiu o templo Sagrado em Jerusalém.
Aí eram oferecidos sacrifícios, ofertas de animais, como entrega de um presente a Deus agradecendo por tudo o que faz pelas pessoas.
Quem vinha de longe comprava os animais perto do templo para oferecer em sacrifício. Aos poucos vendiam fora, depois iam entrando no recinto sagrado. Jesus usou de força para expulsar os vendedores de dentro do espaço sagrado.
Hoje deveria haver um pouco mais de respeito por nossas igrejas. Muita maneira de ser e agir mudou. Mas às vezes há pessoas que vem para estar um pouco com Jesus, na oração e meditação. E há conversa, celular etc. Sei que é uma ocasião de encontrar os amigos. Mas poder-se-ia reservar isso para fora da igreja antes ou depois das celebrações…
Uma igreja em geral é ornada para facilitar a concentração, convidar ao silêncio, e envolver-se com os símbolos de nossa fé e assim criar um clima favorável à oração e meditação.
Em nossa vida em torno de nós há muito barulho que nos mantem fora de nós. Ficamos quase atrofiados em nossas capacidades espirituais…
Que possamos com o salmista ter esta sensação: Que alegria vamos à casa do Senhor…(Sl 26/27, 4)

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!