Colunistas Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (12/08), POR MONSENHOR PAULO DAHER

19ª Semana do Tempo Comum | Sexta-feira

Mateus 19, 3-12, os fariseus perguntaram a Jesus se era permitido o divórcio. Jesus lembra que Deus desde o início fez o homem e mulher e sua união é sagrada. O que Deus uniu, o homem não separe. Os fariseus lembraram que Moisés permitiu. Jesus disse que ele fez isso porque vocês são duros de coração. Mas não foi assim no início. Quem despedir sua esposa comete adultério.Os discípulos disseram que se é assim, não vale a pena casar. Jesus responde que nem todos compreendem isso. Mas há quem escolhe este caminho pelo reino dos céus.

Estas palavras de Jesus são claras quanto à instituição do casamento, de modo especial mostra o fundamental da escolha do casamento como estado de vida e como origem de todos os seres humanos a partir da união no amor entre um homem e uma mulher.

Entre os seres humanos a convivência, forma natural e necessária para a humanidade, crescer deve ser orientada por um amor sincero, permanente e fiel, como o que há de mais sagrado entre pessoas que escolhem o caminho da felicidade.

E neste passo de união por um amor sincero, Deus se compromete de enviar mais seres humanos, seus filhos à terra.
Dois pontos são exigidos para que o casamento realize sua finalidade conforme o plano de Deus.

A sinceridade do compromisso de união de vidas entre um homem e uma mulher dando condição para aceitar a vinda dos filhos com a responsabilidade de educa-los e prepara-los para sua própria vida.

Estas duas colocações são básicas para um eficaz cumprimento da vontade de Deus sobre o casamento. Por isso a afirmação positiva: ninguém deve separar o que Deus uniu.

Deus coloca o fundamental para que o casamento realize sua finalidade. Pode até existir em várias uniões e em filhos destas uniões.
Mas desorganiza o que Deus estabeleceu, embora seus efeitos sejam quase os mesmos: união de pessoas e filhos.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!