Colunistas Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (13/07), POR MONSENHOR PAULO DAHER

15ª Semana do Tempo Comum | Quarta-feira
13/07/2022

Em Mateus 11, 25-27, Jesus louva o Pai por revelar suas intenções aos pobres e humildes e não aos que se dizem sábios e entendidos.

Cristo diz que o Pai tudo entregou a Ele seu Filho e a quem Ele o quiser revelar.

Ajuda-nos muito em nossa vida conhecer os caminhos que nos levam à realização de nossa vida.
Mas se cheios de vaidade e orgulho acharmos que sabemos tudo e não nos ajudamos por ninguém, poderemos errar muito.

Jesus fala de pobres e humildes, no sentido da maneira de ser da pessoa que facilita o entendimento com todos, ajuda a não perder tempo procurando só com o próprio esforço conhecer novos caminhos.
Pois ninguém nasce sabendo de tudo. A vida é um contínuo aprendizado.

Podemos nos enganar quando tendo uma boa inteligência e um espírito prático razoável, não somos capazes de ouvir outras pessoas falarem sobre o que precisamos saber.

As crianças até nos dão grandes lições. Com sua inocência e ingenuidade às vezes fazem perguntas que nos deixam embaraçados. É porque elas ainda não tem a maldade dos adultos que nem sempre dizem a verdade e suas palavras também podem ter duplo sentido.

Ainda podemos saber muito, mas tendo que conviver com outras pessoas temos também de respeita-las no que são e não exigir mais do que podem dar.

Assim como sábios caminharemos também nos passos das pessoas com quem convivemos.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!