Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (15/02/2024) Monsenhor Paulo Daher

Quinta-feira depois das Cinzas
15/02/2024

Em Lucas 9, 22-25,Jesus prevê sua prisão e sofrimentos mas vai ressuscitar.
E ainda:” se alguém quer seguir-me tome sua cruz de cada dia e siga-me. Quem perder sua vida por causa de mim vai se salvar. Que adianta ganhar o mundo se vier a perder-se a si mesmo.”
Jesus age como Deus em nossa vida. Mesmo numa previsão de sofrimento, Deus não esconde totalmente o que irá acontecer no futuro para nós. Seja apontando a vida de muitas pessoas: o que pensavam e viveram e toda a trama da vida delas, seja nossas pequenas “aventuras” em más escolhas e suas consequências.
Na vida em família, os pais sabem que não devem deixar de orientar seus filhos, mesmo apresentando as más consequências de certas escolhas.
Alguns exageram com ameaças. Outros tem o equilíbrio de dosar a pílula, para não criar medos ou traumas com previsões desastrosas.
Jesus quis prevenir o que iria acontecer com Ele, porque tudo o que os apóstolos estavam vendo de poder divino vencedor das doenças, da morte, das respostas sábias aos chefes religiosos, estavam garantindo aos apóstolos a certeza absoluta de vitória sobre tudo e sobre todos.
A tal ponto era a certeza da vitória de Cristo que em geral quando Jesus falava dos sofrimentos futuros, os apóstolos não davam muita atenção.
Jesus fala de nossa cruz de cada dia. Cruz em muitos sentidos, não necessariamente sofrimento. Alguns se fixaram na palavra cruz para afirmar que nossa vida é um sofrimento, é uma cruz. E com pessimismo se conformam que esta nossa vida é só sofrimento e temos de aceitar.
A palavra certa pode ser responsabilidade. Aceitação de que nesta vida temos de trabalhar para conseguir tudo o que precisamos. Às vezes o caminho não é tão penoso. Outras vezes custa muito.
Mas em todos os momentos, Jesus pede que aceitemos a nossa cruz e com ela segui-lo, ter Jesus conduzindo esta nossa vida.
Pela fé encontramos força e coragem para com nossa “cruz”( o que temos, somos e procuramos ser) seremos conduzidos por Ele.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!