Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (21/02/2024) Monsenhor Paulo Daher

1ª Semana da Quaresma
Quarta-feira
21/02/2024

Em Lucas 11, 29-32, Jesus lamenta que a gente do tempo dele pede um sinal, e aí lembra o de Jonas em Nínive, e o exemplo da rainha de Sabá que veio ouvir a sabedoria de Salomão. E conclui: “Aqui está quem é mais que Jonas e Salomão.”
Que sinal seria o que principalmente os fariseus exigiam de Cristo? Os
milagres de Cristo não eram suficientes?
Parece que na mente deles o Messias esperado deveria ser o Libertador do povo do domínio dos romanos. O sinal seria os judeus voltarem a ser o povo escolhido, independente e livre para realizar o que o Senhor havia determinada serem no meio dos outros povos.
Então se Jesus era mesmo o Salvador esperado devia realizar a libertação do povo do jugo estrangeiro.
Para Jesus a libertação era outra: a do pecado, a da renovação de suas vidas religiosas conforme Moisés tinha recebido de Deus.
E os chefes religiosos só liam nas profecias o triunfo do Salvador sobre poderes que dominavam o povo. Não liam nem aceitavam as profecias que falavam também de seus sofrimentos.
A sabedoria maior do que a do rei Salomão o povo sentia. Quantas vezes diziam: ninguém falou como fala Jesus. Todos os que vinham ter com Jesus saíam satisfeitos, seja com a cura de suas doenças, seja com sentir o amor dele para com todas as pessoas. Nenhum rei nenhuma rainha veio ter com Jesus para admira-lo. Mas quantos desprezados da sociedade eram acolhidos com muito amor por Jesus. Até as crianças que nem tinham vez na sociedade judaica, eram recebidas com amor e carinho.
Não nos admiremos da frieza dos fariseus. Olhemos para nós mesmos. Os sinais do progresso de nosso tempo às vezes falam mais alto que nossa busca de Jesus. Acolhemos muitos deuses em nossa vida. Nem sempre Jesus tem lugar de honra em nossas alegrias e festas ou mesmo na vida de nossas famílias.Até em nossas doenças o recurso a Deus leva tempo para pedirmos.
Deus procura por nós e como no paraíso (Gênesis) nos escondemos. Porque? Sentimo-nos nus, sem a veste de seu amor que Ele nos deu…

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!