Colunistas Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (22/07), POR MONSENHOR PAULO DAHER

16ª Semana do Tempo Comum | Santa Maria Madalena | Sexta-feira
22/07/2022

Em J o 20,1-2.11-18, Maria Madalena vai cedo ao túmulo onde fora sepultado Jesus. Vendo que a pedra removida deixava aberto o túmulo, correu para falar a Pedro…
Estando do lado de fora do túmulo chorando.
Dois anjos estavam lá dentro.
Perguntaram porque chorava. Virando-se viu Jesus.
Pensa ser o jardineiro, Jesus a chama: Maria. Reconhece Jesus. Este pede que avise a todos que Ele ressuscitou.
Ela vai e lhes diz que viu o Senhor que vai falar a eles.

Madalena pelos textos dos evangelhos, demonstra que sua conversão foi total e absoluta. Depois de uma vida livre, arrependida e perdoada, nunca mais deixou de seguir Jesus.

E a prova mais forte foi quando ela com a Mãe de Jesus e com outras senhoras acompanharam de perto o caminho de Jesus carregando a cruz pelas ruas de Jerusalém até o calvário, onde Maria e as outras estavam ao pé da Cruz onde Jesus estava crucificado.

Depois de colocarem Jesus no túmulo tendo -o embalsamado quanto podiam, não se conteve quando terminou o dia da páscoa dos judeus.
Foi até o túmulo para terminar de embalsamar o corpo de Jesus.
Foi aí que viu a pedra do túmulo movida. Vai avisar Pedro. Volta e tem esse encontro com Jesus, que lhe fala e a envia aos apóstolos.

Todos temos oportunidades de sentir quando um grande e sincero amor por alguém, transforma a vida da pessoa. Como também sua perda causa uma dor muito forte.

Que a experiência em momentos especiais de nossa vida, quando sentimos a felicidade de sermos amados por Cristo e quando podemos mostrar-lhe nossa gratidão pela resposta do nosso amor sincero, não dure só momentos nem dias. Que não fiquem como uma saudade preciosa.

Podemos com a graça de Deus e nosso ardente desejo e vontade,
multiplicar esses momentos de manifestação de nosso amor a Deus.

Da parte de Deus nem precisamos dizer-lhe que queremos ter com Ele momentos de
intimidade.
Ele mesmo nos diz: eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, eu entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo.(Ap 3,20)

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!