Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (23/2023) Monsenhor Paulo Daher

São Pio de Pietrelcina, presbítero – Memória | Sábado
23/09/2023

Em Lucas 8, 4-15,
Jesus contou a parábola do semeador.
Lançou sementes que caíram pela estrada em terreno pedregoso,
entre espinhos e em terra boa.
A semente pelo caminho perdeu-se.
A semente no terreno pedregoso cresceu mas sem raízes secou. Entre os espinhos, estes a sufocaram. Na terra boa: deu fruto cem por um.
Explicou depois aos apóstolos: a semente é a Palavra de Deus.
A que caiu na estrada, é quem ouve a Palavra mas o demônio vem e lhes tira.
A semente do terreno pedregoso, são os que acolhem com alegria mas não tem perseverança. A semente entre os espinhos é sufocada pelas preocupações e prazeres !
A terra boa são os que acolhem a semente num coração bom conservam a palavra e dão fruto na perseverança.
Esta parabola é muito conhecida e às vezes podem passar despercebidos certos detalhes. É rica de ensinamentos práticos,
pois Jesus ia sempre direto ao que interessava para viver melhor.
A primeira lição é a imagem muito fácil de entender: o que acontece com uma semente lançada à terra e o que é preciso para que brote e dê seus frutos necessários. E tudo isso é imagem fiel da semente de nossa vida!
Sempre Jesus nos lembra com suas parábolas e palavras que a vida que recebemos de Deus é uma riqueza que precisa ser
trabalhada. Começa com nossas próprias capacidades humanas: inteligência, poder conhecer o mundo que nos cerca, consciência.
memória, raciocinio, vontade, sensibilidade, liberdade. São como sementes ricas de vida, que precisam estar diante do mundo que nos rodeia, para reagir e mostrar como desenvolvendo-se nos faz amadurecer para uma vida humana bem realizada.
Os vários terrenos em que caíram as sementes, correspondem ao lugar onde elas possam frutificar. E esses terrenos correspondem em nós em relação à palavra de Deus às condições de nossa mente, coração, vida, para fazerem com que aproveitemos mais ou menos todo o valor da Palavra divina.
E Jesus explicou de maneira simples mas clara como isso se aplica de fato à nossa vida e ao nosso preparo para fazer
com que suas palavras nos façam crescer e amadurecer para uma vida de realizações conforme a vontade, o desejo e o plano de
Deus.
Sejamos sinceros refletindo como aplicar essas lições à nossa vida para que jamais percamos a força e a graça de Deus por sua palavra para a nossa vida.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!