Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (24/11) Monsenhor Paulo Daher

Santo André Dung-Lac, Presbítero, e companheiros mártires – Memória | Sexta-feira
24/11/2023

Em Lc19,45-48,Jesus entrou no templo e viu pessoas vendendo coisas. Reclamou: minha casa é casa de oração e não lugar de comércio.
Com Jesus começa o novo tempo da História da Salvação.
Mas ele enquanto viveu na Palestina foi um judeu observante das leis religiosas com sua família e de seu povo. Com seus pais frequentava a sinagoga de Nazaré. Todos os anos iam em peregrinação a Jerusalém para oferecer sacrifícios na Páscoa.
Nos últimos anos seguia os hábitos religiosos do povo.
Viu muitos costumes da parte dos sacerdotes e fariseus que não mostravam respeito pelas leis. E hoje decide expulsar os que aproveitavam para vender nos lugares reservados para a oração o que era preciso para ofertar os sacrifícios.
Em nossa vida humana comum devemos seguir palavras e gestos, modo de nos apresentar, de acordo com as pessoas, com os lugares, com as ocasiões.
Exagerando para compreender: se estou num velório, ao lado de pessoas sofridas pela perda de um ente querido, causaríamos mais sofrimento que ficássemos contando piadas engraçadas para as pessoas se divertirem…
Para cada momento e pessoas devemos cuidar para que nem palavras nem gestos possam distoar da situação em que estamos passando.
Hoje há pessoas que exageram sua maneira de falar e agir quando estão na igreja participando de momentos sagrados.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!