Colunistas Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO (25/08), POR MONSENHOR PAULO DAHER

21ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira
25/08/2022

Evangelho (Mt 24,42-51)
Senhor.Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 42“Ficai atentos, porque não sabeis em que dia virá o Senhor! 43Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada.44Por isso, também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do Homem virá. 45Qual é o empregado fiel e prudente, que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados, para lhes dar alimento na hora certa? 46Feliz o empregado, cujo senhor o encontrar agindo assim, quando voltar.47Em verdade vos digo, ele lhe confiará a administração de todos os seus bens. 48Mas, se o empregado mau pensar: ‘Meu senhor está demorando’, 49e começar a bater nos companheiros, a comer e a beber com os bêbados; 50então o senhor desse empregado virá no dia em que ele não espera, e na hora que ele não sabe. 51Ele o partirá ao meio e lhe imporá a sorte dos hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes”.

Em Mateus 24, 42-51, Jesus pede que fiquem atentos porque não sabem nem dia nem hora em que chegará o dia do Senhor. Como não se sabe o dia em que um ladrão pode entrar numa casa,assim também fiquem preparados. Porque na hora que não se espera, o Filho do homem virá. É o mesmo que pode acontecer com um empregado cujo patrão demora a chegar e não o encontrar trabalhando. Se vier e não o encontrar trabalhando, vai condena-lo.

Há um provérbio bíblico que diz: lembra-te dos últimos acontecimentos que vão ter lugar em tua vida, e não pecarás.
Não devemos ficar sempre sonhando sobre o futuro, imaginando coisas mirabolantes. Sonho é sonho e pode ser somente fantasia mesmo, uma perda de tempo para não olhar de frente a realidade do dia de hoje.

O sonho verdadeiro é imaginar com elementos razoáveis sobre o que espero e desejo do futuro e como fazer para chegar lá. É mais fácil e mais leve e quando é positivo, prático, possível é boa preparação para começar a dirigir-nos para o futuro.

O sonho que tem apoio no passado vivido e no presente razoável deve ajudar-nos a de alguma forma esquematizar o que queremos realizar.

Jesus nos chama à atenção sobre a resposta que devemos dar a Deus que nos entregou para viver realizando nossa vida e ajudando outros a buscar também o necessário.
A vida que de graça recebemos não é um dom qualquer, faz parte do plano geral de Deus sobre mim e muitas outras pessoas.

O que recebemos sem finalidade não nos anima a fazer nada. Há presentes que se recebe e não servem para nada. É mais gesto de admiração da pessoa mas sem que ajude mesmo o outro no que precisa.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!