Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (26/05), por Monsenhor Paulo Daher

6ª Semana da Páscoa | Quinta-feira
26/05/2022

Em João 16, 16-20, Jesus diz aos apóstolos que daqui há pouco não o verão. Os discípulos não entendiam. Então lhe disse que eles iriam chorar e se lamentar e o mundo irá alegrar-se. Mas a tristeza deles irá se transformar em alegria.

Mais uma vez Jesus quis preparar os apóstolos para quando Ele não estiver mais com eles.
As palavras não mostravam o que de fato iria acontecer. Mesmo assim Jesus tenta prepara-los para o que viria.

A realidade que estavam vivendo: a sabedoria de suas palavras que tudo resolvia, seu poder divino manifestado nos milagres, a coragem ao enfrentar os poderosos chefes judeus. criaram nos apóstolos uma convicção: ninguém poderá fazer nada contra Jesus.
Ele sabe tudo, Ele pode tudo.

Jesus sabendo de tudo o que iria acontecer, quer preveni-los.
Por isso tenta faze-los mais confiantes. Mas era difícil.

Todos nós vivemos em nossa existência situações semelhantes. E muitas vezes firmados em base tão frágil como é nossa vida.

A fé é um dom, uma força, um sustento seguro para todos os momentos e situações. Porque ela se firma em Deus que tudo sabe, tudo pode e sempre é quem de fato dirige nossa vida.

Há orientações de vida religiosa sobre oração que penso, exageram na afirmação de: Deus que tudo pode, Ele quer isto ou aquilo, pois estou pedindo com muita fé.

Lembram da palavra de Jesus: a fé remove montanhas… e esquecem que Deus pode tudo sim, mas sua sabedoria e providência é que sabe melhor o que é bom para nós e nem sempre é o que visualizamos ou queremos.

Cristo vive e é o Senhor!

Monsenhor Paulo Daher (falecido em 2019)

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!