Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (26/2023) Monsenhor Paulo Daher

 

29ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira
26/10/2023

Em Lucas, 12, 49- 53, Jesus diz que veio trazer fogo à terra. Deseja que tudo se acenda com este fogo. E também veio trazer a divisão. Tudo vai começar dentro da própria família.
A imagem do fogo ajuda-nos a entender o sentido de calor humano, vontade decidida, e ligada ao Espírito Santo, o fogo do amor de Deus. Quem sente entusiasmo por uma causa, se dedica com ardor a seu trabalho.
O fogo de Jesus é seu amor para conosco e quer que nós como os apóstolos em Pentecostes, sejamos inflamados pelas línguas de fogo que o Espírito Santo nos dá. Este ardor de Cristo quer fazer conhecido e amado o amor que seu Pai tem a cada um de nós. Ele deve transformar cada um e unir a todos como irmãos.
Jesus fala da divisão que vai acontecer… Em todos os tempos, o chamado de Deus para uma vida melhor, pode tocar o coração de alguém da família, e os outros que não queiram seguir o Cristo ou serão contra, se afastarão do que segue a fé cristã.
Em qualquer família ou grupo de amigos ou na sociedade, há pessoas que não querem seguir o Cristo e ou zombam ou perseguem o cristão. Os profetas escreveram sobre os sofrimentos dos que seguem o caminho de Deus e sofrem perseguição por causa disso. Jesus falou algumas vezes sobre isso (Mt 5,44; 10,23;Lc 11,49; Jo 15,20).
De grande valor é seguir o Cristo, aconteça o que acontecer. O sofrimento por Cristo faz parte de nossa vida humana, de cristãos, de missionários do Senhor. Sofrer quer dizer, temos de lutar para conseguir o que queremos. Nada nesta vida cai do céu assim facilmente.

 

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!