Destaque Destaque2 Em Destaque Sem categoria

Reflexão (28/11) Monsenhor Paulo Daher

34ª Semana do Tempo Comum | Terça-feira
28/11/2023

Em Lucas 21, 5-11, as pessoas estavam admiradas mostrando as riquezas do templo. Jesus diz: “disto não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído. ” Perguntaram: “quando, Senhor?” E Jesus: “cuidem para não serem enganados. Muitos se apresentarão em meu nome. Não os sigam… Um povo se levantará contra outro povo. Haverá terremotos fome e peste. É preciso que estas coisas aconteçam. Mas não será logo o fim.”
O templo de Jerusalém além de sua imponência, de seu aspecto grandioso que chamava à atenção de todos, era também o símbolo da fé do povo judeu no Deus único e verdadeiro.
A tal ponto que quando Jerusalém era invadida, para humilhar mais ainda o povo judeu, o vencedor desrespeitava este centro da manifestação da fé judaica.
A afirmação de Jesus sobre o templo feria profundamente os ouvidos dos judeus. Seria impossível.
Até os romanos que estavam dominando a Palestina respeitaram o templo.
Jesus profetiza a destruição do templo… Não vai sobrar pedra sobre pedra.
Espantados, os discípulos perguntam: quando acontecerá isso, Senhor?
Já antes Jesus havia falado sobre a destruição e a reconstrução em três dias (Jo 2, 19) que espantou os judeus… E falava em outro sentido…
Para quem tem fé: quando alguém é batizado, torna-se um templo vivo da Santíssima Trindade. E isto no sentido real e profundo. Fica sendo a morada de Deus (Jo 14,23).
O Senhor tem prazer de vir e estar no coração de quem o aceita como Deus.
Em nossa vida comum, se alguém muito importante vem visitar-nos, a casa fica marcada com esta presença. Em muitos lugares coloca-se uma pedra de mármore ou um quadro de bronze lembrando: aqui esteve ou viveu esta ou aquela pessoa famosa.
Na visita a uma favela no Rio de Janeiro o papa S. João Paulo II entrou na casa de um morador, até hoje é lembrado por todos.
Quando dizemos que alguém tem a graça santificante, afirmamos que Deus está presente na pessoa. Presença real. Envolvendo-a com todo o seu amor. E um verdadeiro sacrário divino, todo iluminado, cheio de alegria e felicidade.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!