Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão (30/12) Monsenhor Paulo Daher

6º Dia na Oitava de Natal | Sábado
30/12/2023

Em Lucas 2, 36-40, uma profetisa, Ana, viúva, de idade, vivia no templo e quando viu Maria, José e a criança, louvou a Deus e falava do menino a todos que esperavam a salvação de seu povo. Cumprido o que a lei pediu, foram para Nazaré. O menino crescia forte, em sabedoria e a graça de Deus estava com ele.
Mais alguém testemunha a presença do Salvador esperado. São exemplos que a Palavra de Deus apresenta. E ainda
é São Lucas que deve ter ouvido isso de Maria.
Fatos como esse irão se repetir em toda a História de nossa Igreja por toda a parte. Muitos santos deixaram escritos de profecias semelhantes mais como revelação da ação continuada de Jesus em benefício do povo cristão ou para com pessoas que movidas por uma graça especial se converteram.
Em todas essas manifestações da presença de Deus, há a transformação pessoal, pelo fortalecimento da vontade e a iluminação clara do destino a ser atingido. E sempre como a presença de Deus é clara, sobem louvores e ações de graças a Deus.
Dois pontos que podem e devem acontecer com cada um de nós: ver, descobrir a presença de Deus, experimentar como a vida se transforma e depois perceber que marcado por um amor tão diferente que não nos dá mais sossego, temos de mostra-lo a quem precisa.
A vida religiosa sincera provoca em nós como aconteceu com São Paulo: ai de mim se não evangelizar.
É uma necessidade interior de levar Jesus aos outros.
Como alguém que foi bem orientado por um médico que acertou no tratamento de uma doença que incomodava. Encontrando alguém que também precise de uma direção certa para seguir e melhorar sua saúde vamos apresentar o tal médico que nos ajudou muito.
A observação sobre o crescimento de Jesus como ser humano é observação muito útil: vida comum caminhando como deve ser para desenvolver suas capacidades. Exemplo para qualquer pessoa que sabe quem é, o que quer e quanto as pessoas precisam de assumir naturalmente suas responsabilidade por si mesmas.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!