Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão 8° Domingo do Tempo Comum, por Monsenhor Paulo Daher

8º Domingo do Tempo Comum 27/02/2022

Em Lucas 6, 39-45,Jesus afirma: Pode um cego guiar outro cego? Vemos o cisco no olho dos outros e nem percebemos o do nosso. Melhore seu olhar para enxergar melhor. Sobre as árvores: se for boa dará frutos bons. É do tesouro de seu coração que cada pessoa pode dar o melhor aos outros ou também o mal. A boca fala do que o coração está cheio.

Um cego não pode guiar outro cego.

Chamando a atenção sobre os defeitos dos outros, não exigindo de nós uma vida mais certa, não conseguiremos ajudar ninguém.

Querendo ser modelo de vida para os outros, pede que reconheçamos também nossos defeitos.

Ninguém é perfeito, a não ser Jesus. Se reconheço meus defeitos e erros, posso ajudar os outros a melhorar suas vidas.

Só Jesus pode dizer: Aprendam de mim…

João Batista primeiro fez penitência de seus pecados e depois, movido pelo Espirito Santo, quis levar os outros a fazerem o mesmo. Em sua pregação dizia: eu nem sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias.

Nada nos impeça de ajudar os outros, por meio da humildade a mostrar-nos, como os apóstolos, simples pescadores.

Apresento-me como sou e coloco-me à disposição de Jesus.

Sejamos melhores em nossos julgamentos sobre as pessoas, sinceros com caridade, e tentemos nos relacionarmos mais sobre a verdade e a sinceridade.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!