Reflexões Dominicais

Reflexão Dominical: “E agora, como se convive com Deus e com as pessoas?”

“E agora, como se convive com Deus e com as pessoas?”
Por Pe. Joéds Castro
Padre diocesano de Uberlândia

FESTA DA EPIFANIA DO SENHOR – Evangelho (Mateus 2, 1-12)

Irmãos e irmãs, a Igreja, através da pedagogia de sua fé, seguindo a doutrina dos apóstolos, nos convida a esse grande reconhecimento, celebrar a EPIFANIA, palavra esta que em grego significa justamente a MANIFESTAÇÃO, ou seja, Deus que se manifestou visível na pessoa de nosso Senhor, Jesus Cristo. ‘Ele então se fez carne’, Deus se fez visível aos nossos olhos na pessoa de Jesus. Como acolher, como conviver com Deus? Pois cada pessoa tem o seu jeito de ser, e nessa convivência, a pessoa vai justamente aprendendo como conviver uns com os outros. Como agora então, conviver com um Deus tão próximo? Como de fato se cumprir, como de fato levar a vida ao lado dessa pessoa? Ora, quem assume um relacionamento, como viver essa forma, como viver essa dimensão? A vida de casado é igual à vida de solteiro? A vida de quem assume um propósito, ela se torna igual a vida de todos os outros?

Somos convidados a ver como a humanidade, como cada um deve conviver com essa presença do Senhor, como se relacionar com ele? ‘Tendo nascido Jesus, no tempo de Herodes, chegam a Jerusalém esses homens, esses reis, esses pagãos. (Mateus 2, 1) “Magi”, é a palavra que indica justamente isso, pagãos, não são magos de fazer mágica. Mas “magi”, no sentido do paganismo, ou seja, eles não conhecem o Deus verdadeiro, eles são idólatras na terra, nos países deles. Eles então chegam querendo conhecer, perguntando: ‘Onde está o rei dos judeus? ‘nós vimos a sua estrela e viemos adorá-lo.’ (Mateus 2, 2) Chegam a Jerusalém. Atualizando esse Evangelho, chegam as pessoas de fora perguntando: ‘Onde é que está o rei do povo daqui?’ ‘Onde é que está o rei dos cristãos?’ ‘Onde ele está?’ Onde nós vamos levar essas pessoas para ver esse Messias? Onde ele se encontra? Onde, de fato, nós vamos conduzir? ‘E diz que Herodes ficou perturbado, toda a Jerusalém ficou perturbada, ou seja, toda aquela estrutura se torna abalada.’ (Mateus 2, 3) Toda cidade ficou abalada por causa do nascimento de Jesus Cristo? Diz o texto do Evangelho: ‘Chegaram para adorar o verdadeiro Deus’. Aqueles que servem a falsos deuses são idólatras, aqueles que apostam no dinheiro, apostam na ganância, tirar proveito das pessoas, explorando as pessoas. Como também aqui diz que toda a Jerusalém, toda a cidade, ou seja, chegou verdadeiramente o Senhor. Essa cidade, ela se tornou estremecida?

Nós somos convocados justamente a ver isso. ‘Diz que o rei convoca todos os sacerdotes e também aqueles que eram mestres, doutores da lei, aqueles que conheciam a doutrina, para saber a onde era isso. (Mateus 2, 4) Herodes não devia ele dizer: Não, eu sou o rei.’ Por que ele não diz isso? Porque ele é um falso rei. Os sacerdotes não deveriam dizer: ‘Não, é com o sacrifício do templo que nós adoramos de fato o Deus verdadeiro. Mas eles não falaram isso, porque com o sacrifício do templo eles tiram proveito para eles. Como muita gente, prestando culto religioso, prestando missa por preceito, não adora Deus, mas quer justamente aliviar o peso da sua consciência. Os mestres da lei poderiam dizer: ‘Não, a nossa lei, a grande estrela da nossa vida, é justamente a doutrina.’ Por que eles não mostraram isso? Porque essa lei não leva as pessoas a Deus. Ela muitas vezes domina, explora, serve simplesmente para manter as pessoas na linha, fazendo aquilo que eles desejam. Em Belém tem o pastor verdadeiro, “Beit Lehem”, a “CASA DO PÃO”, é que de fato está ali o sinal do Salvador. Eles sabem e eles não deveriam então acompanhar os reis pagãos até Jesus? Eles não deveriam ajudar que os outros chegassem? Quem vai nos ensinar como se convive com Deus não é o povo da igreja, não é o povo do poder, mas justamente OS PAGÃOS. E isso é muito sério, É GRAVÍSSIMO. E nós vemos isso.

Sabemos onde está Jesus? Nós fomos, de fato, nesses dias adorar Deus? Onde estava o nosso Rei e Salvador na noite do dia 24 e no dia 25 de dezembro? Nós estávamos adorando quem, a comida e a bebida? Era isso que nós estávamos adorando? É esse então o nosso Deus e Salvador? Era isso que nós estávamos adorando? É a este que nós estávamos prestando culto, armando altares de comida e bebida para o nosso prazer e não para de fato adoração e salvação? Pois qual parente meu, ou seu, é capaz de dar a Salvação, que é o Salvador, para que eu deixasse de estar junto com Jesus para estar junto dessa ou daquela pessoa? Que comida você poderia ter feito na sua casa que é capaz de dar vida eterna para as pessoas? Que prato você pode fazer que é capaz de trazer a Salvação, trazer Deus no meio da humanidade?

São esses “reis pagãos” que nos ensinam como conviver com Deus, como verdadeiramente viver, morar com Deus e ter Deus no centro da existência. ‘E eles vão e diz que encontram o menino com sua mãe’. (Mateus 2, 11) Não é possível encontrar Jesus na solidão, somente com sua mãe. MARIA É A IMAGEM DA IGREJA, MARIA É A IMAGEM DA COMUNIDADE. Somente em comunidade se encontra e se adora Jesus Cristo. Quem quer adorar Jesus Cristo sozinho, não adora Deus, mas pratica idolatria. Não é possível adorar o senhor na solidão. Pois ele, como salvador da humanidade, não é um degrau tão alto que eu uso para alcançar as coisas do mundo, para encontrar os meus desejos materiais, emocionais, mas ele deve ser a razão absoluta da graça.

‘Diz que ajoelhados eles adoram e abrem seus cofres’. (Mateus 2, 11) O cofre é o lugar mais seguro em que se guarda o que há de mais valioso. Quando é que nós vamos adorar jesus verdadeiramente? Quando é que nós vamos verdadeiramente abrir a nossa vida para Deus, como Senhor absoluto da minha vida, da minha existência? Quando, de fato, eu vou aceitar DEUS CRISTO COMO SENHOR NA MINHA EXISTÊNCIA? QUANDO ISSO VAI ACONTECER? Quando eu vou proclamar para todos? Quando estamos diante das pessoas devemos ter presente que, todos são muito importantes, mas eu só consigo enxergar importância nas pessoas, se eu adorar JESUS CRISTO.

SE NÃO ADORAR A JESUS CRISTO, SEM ADORAR A DEUS, EU NÃO CONSIGO VER A IMPORTÂNCIA DAS PESSOAS. Ora, alguém diz: ‘UMA PESSOA É MUITO IMPORTANTE, A OUTRA PESSOA NÃO VALE NADA? QUEM ASSIM FAZ NÃO ADORA A DEUS, PORQUE JESUS ELE VEM PARA SALVAR TODOS. QUEM ENTÃO ACHA QUE UMA PESSOA É MAIS IMPORTANTE QUE A OUTRA, ESSA PESSOA É IDÓLATRA. ELA NÃO ADORA DEUS, ELA NÃO ADORA JESUS CRISTO. PORQUE NÃO ACOLHEU O SENHOR. Muitas vezes os cristãos falam: ‘O povo não respeita Deus, o povo não respeita mais os dias santos, o povo, essa ganância por causa dinheiro, isso e aquilo outro, não respeitam mais o domingo.’ E onde nós estávamos na noite do dia 24 e no dia 25 e na sexta-feira santa e no sábado da aleluia? Onde é que nós estávamos? Estávamos ajudando os outros a encontrar Jesus? Estávamos, de fato, adorando a Deus verdadeiro no seu amor, na sua bondade ou nós estávamos prestando culto à idolatria da comida, da bebida, do prazer? POR ISSO NÓS SOMOS CONVIDADOS A OLHAR ESSES PAGÃOS, ESSES HOMENS IDÓLATRAS, ESSES HOMENS QUE NÃO CONHECEM DEUS VERDADEIRO E AGRADECER A ELES. PORQUE NO PAGANISMO DELES, NOS AJUDAM A RECONHECER O VERDADEIRO SALVADOR. ELES NOS AJUDAM A RECONHECER COMO SE CONVIVE COM DEUS.

Diz o texto do Evangelho “que avisados, eles não voltam a Herodes, eles voltam para a sua terra por outro caminho” (Mateus 2, 12). Nós somos convidados a olhar isto, entra ano, sai ano e nós vamos querendo levar a vida cristã do mesmo jeito, pelo mesmo caminho, quando não vamos cada vez mais desanimando. Ao contrário deles, que querendo encontrar Jesus, quando veem o sinal de Jesus, a sua estrela, que é a Palavra de Deus e não um astro cósmico, eles se enchem de uma grande alegria.

Os cristãos, ou seja, nós, somos verdadeiramente um povo portador de uma grande alegria? Nós vemos os cristãos na maior alegria do mundo? Esses homens largaram os países deles. E nós, às vezes, não vamos à missa, nem na igreja no próprio bairro? Tem adoração na paróquia, quantos vêm adorar a Deus? E se dizem cristãos, e se dizem religiosos, e se dizem conhecedores de DEUS VERDADEIRO.

Pois bem, aqueles sacerdotes, Herodes e os doutores da lei, também conheciam a Palavra, mas não conheceram o Salvador. Conhecem a cidade, mas não conhecem o rei. Conhecem a Palavra de Deus, mas não conhecem Deus. QUANDO VERDADEIRAMENTE EU VOU ABRIR A MINHA VIDA PARA JESUS? Quando eu vou aceitar Jesus como Senhor Absoluto e Salvador da minha vida? Em que ano isso vai acontecer? Quando é que eu vou adorar Jesus verdadeiramente? Entendamos a graça que Deus está nos dando.

Maria e José foram bater na porta da casa de alguém na noite do dia 24 no ano 2019? NÃO. Porque Jesus já nasceu, já morreu e ressuscitou! Esta celebração é para que eu entenda: Deus está me dando uma chance para que eu viva melhor o Plano Dele, para que eu não repita o mesmo caminho, para que eu não repita o mesmo ano, para que eu não repita a mesma religião. QUE EU SIGA JESUS CRISTO. QUEM SEGUE JESUS SENTE UMA ALEGRIA MUITO GRANDE!

Caros irmãos e irmãs neste encontro forte entre reis de tantas nações diversas, encontro de Deus com seu povo, de reconhecimento e adoração permitamos ser e estar diferentes para um caminho de humanidade repleta da “Luz” que é Cristo. Vejamos esses “Reis Magos” ou pessoas pagãs, abriram suas vidas a Herodes e a muitos no inicio, mas quando descobriram Jesus e sua Luz que é o Evangelho não voltaram a abrir para Herodes e outros, e sabe por quê? Porque algumas pessoas não são capazes de cuidar dos tesouros dos outros e de suas preciosas vidas. Aprendamos mais essa valiosa regra de vida, não abra sua vida para grandes curiosos ou interesseiros que não fazem caminho, abra para Cristo, adore somente a Jesus, como Senhor de sua vida.

Vivemos num tempo de muitas exposições, lembremos-nos de tantas redes sociais existentes, e nem todas compartilham tesouros, mas desejam matar o tesouro que é a Luz de Cristo em nossas vidas, desejam nos tiram a vida plena, esta vida de que quem se ajoelha diante de Jesus não se dobra diante de nenhum “rei” deste mundo, pois quem se ajoelha diante de Cristo encontra a altura e a grandeza de filho, filha de Deus. Siga a luz do Evangelho durante todos os dias deste novo ano civil, sempre de coração aberto a Cristo, nada você irá perder, Jesus reconhecerá o seu valor, o presente que tu és e Herodes algum deste tempo poderá enganar ou destruir essa vida nova e valiosa, que Deus também lhe oferece, caminho de luz, vida repleta, vida plena! #todo dia a luz do Evangelho!

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!