Destaque Destaque2 Em Destaque

Reflexão Festa da Cátedra de São Pedro, apóstolo, por Monsenhor Paulo Daher

Cátedra de São Pedro, apóstolo. Festa |
22/02/2022

“Relembremos hábitos religiosos de nossa infância ou da família e os reavivemos se nos ajudam a retomar o fervor primitivo, ou o amor primeiro”.
Mons. Paulo Daher

Em Mateus, 16, 13-19, Jesus perguntou aos discípulos que é que as pessoas diziam dele.
Responderam:“uns pensam que és João Batista, Elias ou um dos profetas.”
E Jesus: “e vocês?”
Pedro disse: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo.”
E Jesus: “meu Pai é que te revelou isso. Por isso eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja.
Nenhum poder há de vencê-la.
Dou-te as chaves do reino: o que ligares na terra será ligado, o que desligares será desligado.”

Passado um tempo de convivência com os apóstolos, Jesus pergunta-lhes sobre o que as pessoas estavam dizendo sobre Ele.

Jesus é o que é e nem precisava perguntar sobre si.

Para nós esta lição pode orientar-nos também. Conhecermos a opinião sobre nós dos que convivem conosco e nos aceitam, é uma parte da verdade.
Sabermos o que os outros que talvez pensem diferente ou tenham suas restrições nos julguem, ajuda-nos a conhecer melhor a realidade.

E também a partir daí procurar ser o que de fato possa ajudar a todos.
Este momento de Jesus com os apóstolos é precioso para sua Igreja.

Aí claramente Cristo define como deveria ser organizada sua Igreja.
Depois em vários outros momentos vai colocando as responsabilidades deles após sua morte.

Como a organização deste universo por Deus tem de manter uma ordem necessária, assim também em sua Igreja, o que é essencial não deve ser mudado com perigo de não só não ser mais a Igreja de Cristo, como também poder desviar de sua finalidade primeira e mais certa.

O poder de ligar e desligar. O que seria? Como em qualquer instituição humana, a autoridade ou melhor, o responsável primeiro com sua equipe, deve manter a finalidade e buscar os meios para alcançar seus objetivos. Senão com os meios de que dispõe irá desviar-se da proposta e não atingirá o que pretende.

Outra observação: sempre Deus nos inspira bons sentimentos e bons pensamentos. Ou por meio de tanta coisa que acontece, pequena ou grande, uma luzinha do alto nos faz enxergar uma mensagem de nosso Pai do céu. Para isso temos de estar atentos, como o santos reis que viram, como tanta gente aquela luz ou estrela diferente no céu e inspirados foram se encontrar com Cristo que tinha nascido em Belém.(Mt 2, 2s)

Cristo vive e é o Senhor!

Monsenhor Paulo Daher (falecido em 2019)

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!