Destaque Destaque2 Em Destaque

REFLEXÃO: SÃO JUDAS TADEU E SÃO SIMÃO, APÓSTOLOS

São Simão e São Judas Tadeu, Apóstolos – Festa | Sexta-feira
28/10/2022
Evangelho (Lc 6,12-19)

Em Lucas 6, 12,19, Jesus depois de uma noite de oração na montanha, desceu e escolheu entre os discípulos doze apóstolos. Segue os nomes deles. Depois uma multidão veio as seu encontro para ouvi-lo e serem curados de suas enfermidades. Todo o mundo procurava tocar em Jesus, pois uma força saía dele e curava a todos.
Na Simplicidade de sua vida Jesus não vivia só os momentos de cada dia. Pois pouco a pouco ia construindo a comunidade que deveria levar adiante todos os seus ensinamentos.
As boas ideias, os projetos para realização de uma obra pedem organização das etapas para garantir a continuidade das intenções.
Não basta boa vontade, ou momentos de satisfação com o que vai acontecendo. Tudo se deve dirigir para a sua finalidade
Embora o poder de Deus supere toda a falha humana, como o Senhor quer contar com nossa colaboração, temos de nos organizar.
Por isso desde o início, além de chamar alguns discípulos que o seguiam sempre, Cristo os tornou apóstolos, isto é, enviados especiais, mais responsáveis com o poder divino para continuar seu trabalho de realizar o Reino de Deus na terra.
O detalhe de São Lucas é que, Cristo deu-nos o exemplo para assim procedermos sempre diante de algo importante: passou a noite em oração.
Orar a Deus faz lembrar quem somos E quem é o Senhor. O que podemos e o que devemos pedir. A oração purifica nosso olhar para na sinceridade escolher o que for melhor não para nós, mas para o serviço do Reino. Orar faz-nos parar para pensar, avaliar, pedir luzes para que nossas intenções sejam as mais puras e o nosso juízo seja o mais correto e justo.
Quem está sempre ligado a Deus por seu pensamento, sentimento, intenções, desejo de que seu Reino aconteça, vai notar momentos em que o Senhor pede a nossa participação. É preciso portanto estar sempre ligado em espírito. Às vezes as luzes passageiras das preocupações materiais nos encobrem escondem o que Deus nos mostra pedindo a nossa colaboração.
A oração simples, humilde e sincera sempre nos dispõe a estar à escuta do que Cristo espera de nós.

Cristo vive e é o Senhor!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!